FANDOM



Themyscira (ou Ilha Paraíso) é uma ilha onde "nasceu" a Mulher Maravilha.

Pré-CriseEdit

Quando a pátria de Mulher Maravilha é introduzida pela primeira vez em 1941, é referida como Ilha Paraíso, uma ilha secreta e escondida habitada pelas amazonas do mito. Originalmente, há milhares de anos, as amazonas viviam numa ilha chamada Amazônia (Não a do Brasil). Após serem momentaneamente escravizadas por Hércules, elas estavam cansadas dos maus caminhos da humanidade na antiga Grécia e migraram para a Ilha Paraíso, onde podiam praticar uma forma pacífica de vida e cultivar suas mentes.
Hercules and amazons

Hércules momentaneamente escraviza as amazonas.

Como forma de relembra-las a nunca mais confiarem em um homem, Afrodite as condenou a usarem braceletes. Com a ilha abençoada pelos deuses do Olimpo, nenhum homem é permitido fisicamente pisar nela. Diana veio ao mundo na Ilha Paraíso como uma estátua de menina criada por Hipólita, rainha das amazonas. Tão apaixonada por sua escultura, a rainha pediu aos deuses que dessem vida a figura, e foi atendida (semelhante ao mito grego de Pigmaleão). Recebeu o nome de Diana. Junto com a vida, os deuses também deram várias habilidades a garotinha, que já em tenra idade era forte capaz de arrancar uma árvore a mãos nuas e correr mais que uma gazela.

Quando o avião de inteligência do Exército dos Estados Unidos do oficial Steve Trevor cai lá durante a Segunda Guerra Mundial, ele é nutrido de volta à saúde na ilha vizinha da Cura pela princesa Diana, filha da rainha da ilha, Hipólita. A Rainha Hipólita decretou que a amazona que vencesse diversas provas entre elas teria a incumbência de levar Steve de volta aos Estados Unidos, e se tornaria uma campeã em nome das amazonas em território americano. Proibida de participar por sua mãe, Diana se disfarçou e competiu com outras amazonas para se tornar a Mulher-Maravilha, a representante da ilha do paraíso que irá acompanhar Steve de volta ao "mundo dos homens" e ajuda na luta contra as potências do Eixo. O contesto incluía lutas armadas sobre kangas (espécies de canguru nativos da Ilha Paraíso), competição de corrida, e aparar balas com seus braceletes. Fica estabelecido que todas as amazonas são adeptas a uma disciplina chamada "balas e braceletes", em que elas são capazes de desviar balas disparadas contra elas usando as algemas de metal em seus pulsos.

A Mulher-Maravilha adotou a identidade secreta de Diana Prince, uma enfermeira da Força Aérea americana. Era apaixonada por Steve Trevor. Nesta versão ela não voava realmente (planava em correntes de ar) e usava um rádio de ondas telepáticas. Na história publicada em Sensation Comics #1, janeiro de 1942, havia uma enfermeira de nome Diana Prince, a qual a Mulher-Maravilha ajudou. Esta Diana aceitou deixar que a super-heroína, que desejava ficar do lado do paciente Steve Trevor, assumisse sua identidade enquanto ela partiu para junto de um soldado namorado seu, que estava na América do Sul.

Esta simples história de fundo permanece intacta ao longo da Era de Ouro e Era de Prata dos quadrinhos, até que a Crise nas Infinitas Terras em 1985-1986. Após a conclusão desta série limitada, a maioria dos personagens do universo DC passou por alguns retcons em sua história, e Mulher Maravilha foi um dos vários personagens cuja toda continuidade foi reiniciada.
LegendOfWonderWoman-1986 004-023

Como um último súplicio, Afrodite transforma as amazonas Pré-Crise em estrelas.

No final de Crise nas Infinitas Terras, a Mulher-Maravilha recebeu uma rajada do Antimonitor, que involuiu seu corpo de modo que retornou no tempo, voltando a ser barro da Ilha Paraíso. Um último tributo a Mulher-Maravilha Pré-Crise foi vista em Legend of Wonder Woman, minissérie escrita por Kurt Busiek, 1986. Nesta saga, as amazonas se reúnem perante Hipólita, que conta uma aventura de Diana que houve antes de sua "morte". Ao final, a deusa Afrodite aparece, e diz que estava usando seu poder para manter esta versão pré-crise da Ilha Paraíso e suas habitantes a parte das mudanças causadas pela Crise nas Infinitas Terras; Hipólita diz que não deseja isso. Afrodite então atende seu pedido, eliminando os escudos místicos sobre a ilha. A ilha e as amazonas pré-crise começam a se dissolver, como se nunca tivessem existido. Como um último suplício, Afrodite as transforma em estrelas. Todas as memórias e existência desta versão da Ilha-Paraíso, assim como a Mulher-Maravilha do Pré-Crise, deixam de existir…

TecnologiaEdit

Antes de Crise, a tecnologia das amazonas é fantástica, devido a Esfera do Tempo, dispositivo pertencente a Rainha Hipólita que permitia ver o futuro e copiar as tecnologias do amanhã. As amazonas desenvolveram o raio púrpura curativo, capaz até de ressucitar os mortos. Um dos outros grandes inventos é a Radio-TV Telepática.

  • All Star Squad Ann 03 06

    Mulher Maravilha da Terra 2 usa a esfera mágica para ver o passado.

    ESFERA MÁGICA [BODY 08, Postcognition : 34, Precognition : 34, Remote Sensing : 25] Bola de Cristal pertencente a Hipólita que permite ver passado, presente e futuro. As amazonas Pré-Crise detém uma civilização cientificamente avançada devido a possessão deste item.
  • RAIO PÚRPURA CURATIVO {BODY 7, Invulnerability 7} Diana inventou este raio para ressuscitar Steve Trevor quando ele colidiu com a Ilha-Paraíso.
  • RADIO-TV TELEPÁTICA [Corpo 04, Radio Communication/Telepathy: 25, Recall: 08] O rádio se parece com um pequeno templo grego com uma tela redonda. Ele recebe os sinais enviados a ele através de telepatia mental; o remetente dos sinais telepáticos não precisam ter o poder de telepatia por si mesmo, mas deve saber o específico Radio-TV Telepático (R-TT) para o qual ele pretende enviar um sinal mental (mais ou menos como ter que saber um número de telefone, a fim de chamar alguém por telefone). Quando um sinal é transmitido para uma R-TT, o dispositivo emite um som para que seu dono saiba. Para receber o sinal, o usuário deve colocar uma tiara estilo Mulher Maravilha que está ligado ao rádio por um fio. [Exceção: Etta Candy, uma vez utilizou a telepatia para entrar em contato diretamente Mulher-Maravilha, mas as duas heroínas tipicamente requerem um deles para estar usando uma R-TT; um usuário pode gastar 25 HPs para usar o dispositivo para contactar diretamente o possuidor de tal dispositivo. Isto pode ser feito apenas por usuários veteranos de R-TTs, que são usados ​​tanto para receber e transmitir mensagens telepáticas.] Ele permite ao usuário enviar sinais de volta para a pessoa que está enviando comunicação. Ele também funciona como um secretária eletrônica em caso ninguém está por perto para receber a mensagem no momento em que é enviada, que é representada pela Recall. Tanto a Mulher-Maravilha e Etta Candy tem um rádio telepática, assim como Hipólita.
    WonderWoman289cbr-Page11

    A Mulher Maravilha na Ilha Paraíso, corre ao lado da mãe Hipólita, enquanto esta cavalga um kanga.

    Em 1943, Steve Trevor também recebe um.
  • Digno de nota é que as Amazonas ainda detinham um aparelho capaz de implantar conhecimento diretamente no cérebro (Originalmente, Poderosa recebeu implantes de conhecimento de computadores graças a esta tecnologia). Encare que o aparelho tem Recall 15, podendo ser usada pelo usuário para abater o custo ao aprender uma perícia nova ou uma vantagem Expertise/Scholar)

CostumesEdit

Embora temidas guerreiras, as amazonas cultuavam a paz e respeito mútuos. "Hola" era tanto uma saudação entre elas quanto um grito de guerra.

KangasEdit

Kangas são uma espécie de canguru nativos da Ilha Paraíso. Existem a versão terrestre e a versão alada. Os kangas brancos, como o pertencente uma vez a Fúria, filha da Mulher Maravilha da Terra 2, são extremamente raros.


Amazona típica (Pré-Crise)Edit

A ficha refere-se tanto a Terra 1 como Terra 2.

Atributos

Destreza: 8 Força: 8 Corpo: 7

Int: 8 Vontade: 8 Mente: 8

Infl: 5 Aura: 5 Espirito: 7

Iniciativa: 25 Hero Points: 15


PoderesEdit

Gliding 7 (Terra 1 somente) Jumping 5, Running 6


bonus: Fúria Berserker Amazona: Se separadas dos braceletes, as amazonas devem entrar num estado de frenesi onde sua Força aumenta 4 APs.  Entretanto elas entram num estado de Fúria incontrolável e não distinguem amigo de inimigo. Usavam isto como último recurso.

limitações: Força cai para 4 e poderes caem a zero se seus pulsos são amarrados ou acorrentados por um homem.

Perícias:Edit

Animal Handling 7, Martial Artist 8, Military Science (tracking) 7 Weaponry 7


vantagens:Edit

Area Knowledge (Ilha Paraíso) Connections: Ilha-Paraíso (alta), Lightning Reflexes, Scholar (mitologia)

Nota: Quando na Ilha Paraíso, as amazonas não envelhecem.

Desvantagens:Edit

Attack Vulnerability: -2 colunas na RV contra balas, espadas e armas em geral. Exile (voluntário)

Motivação: geralmente Upholding the Good

Ocupação: guerreira

Riqueza 6

Equipamento:Edit

BRACELETES (x2) {CORPO 15} Os Braceletes são usados para manobras de bloqueio.

 Pós-CriseEdit

De acordo com a última redefinição da
Themyscira

Themyscira.

cronologia da Mulher-Maravilha feita por George Perez após a Crise nas Infinitas Terras, Hipólita e o restante das amazonas seriam a reencarnação de mulheres que ao longo da história morreram como resultado do ódio e da incompreensão dos homens, e reencarnadas como amazonas pelas deusas do Olimpo. No caso, Hipólita foi a primeira mulher morta por um homem; a Princesa Diana (A Mulher-Maravilha) era a encarnação da filha não nascida desta mulher. Antes de serem exiladas na Ilha Paraíso, as Amazonas viveram na Grécia, de onde foram banidas após um conflito com Herácles (Hércules) e seus exércitos. Assim como no Pré-Crise, Diana veio ao mundo na Ilha Paraíso como uma estátua de menina criada por Hipólita, rainha das amazonas. Mulher-Maravilha só teria vindo ao mundo dos homens após Crise, o que também causou dela não ter participado da fundação da Liga da Justiça. Atualmente ela também não possui identidade secreta. Etta Candy se casaria com o já idoso Steve Trevor, reintroduzido nas aventuras atuais.

Themyscira é um arquipélago situado em uma dimensão diferente da nossa, somente os deuses gregos e a Mulher Maravilha (se estiver usando as sandálias de Hermes) podem transitar entre as duas dimensões. A entrada fica no Triangulo das Bermudas.

É nesse arquipélago que fica a Ilha Paraíso, sede do arquipélago e onde ficam a maioria das amazonas e sua rainha Hipólita.

É lá também que fica uma das entradas para Hades (inferno grego) habitado por inúmeros seres mitológicos. As amazonas foram "condenadas" após sua expulsão da Grécia Antiga a cuidarem para que esses seres não escapem jamais.

Um grande contraste com o Pré-Crise é que a tecnologia das Amazonas é rudimentar, equiparada a da antiga Grécia.

Locais de ThemysciraEdit

  • Coliseu
  • Portal do Destino
  • Ilha da Cura
  • Palácio Real
  • Senado
  • Estátua de Ártemis
  • Templo de Hades
  • Templo da Oráculo

Amazona Típica (Pós-Crise)Edit

A ficha também serve para as amazonas de Bana-Migdal.
Amazons of themyscira

Amazonas

Atributos

Destreza: 7 Força: 6 Corpo: 6

Int: 6 Vontade: 7 Mente: 5

Infl: 3 Aura: 4 Espirito: 6

Iniciativa: 20 Hero Points: 15


PoderesEdit

Longevity 9, Running 6


Perícias:Edit

Animal Handling 7, Martial Artist 7, Military Science (tracking) 7 Weaponry 7


vantagens:Edit

Area Knowledge (Themyscira) Connections: Themyscira (alta), Iron NervesLightning Reflexes, Scholar (mitologia)


Desvantagens:Edit

Motivação: geralmente Upholding the Good (Seeking Justice para as amazonas de Bana-Migdal)

Ocupação: guerreira

Riqueza 6

Equipamento:Edit

BRACELETES (x2) {CORPO 15} Os Braceletes são usados para manobras de bloqueio.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.