FANDOM


Kyle Rayner 00

Kyle Rayner em seu uniforme atual

Lanterna VerdeEdit

AtributosEdit

Destreza: 7 Força: 4 Corpo: 4 (12)

Int: 6 Vontade: 18 Mente: 8

Infl: 6 Aura: 5 Espírito: 10

Iniciativa: 24 Hero Points: 75


PeríciasEdit

Artist (Painter): 07, Charisma (Persuasion): 06


Vantagens:

Kyle Rayner 01

O momento em que recebeu o último Anel de Poder


Connections: Liga da Justiça da América (alta), Novos Titãs (baixa), Lanternas Verdes da Terra (alta), Tropa dos Lanternas Verdes (alta), Soranik Natu (alta); Sharp Eye; Miscellaneous: Kyle é detentor de grande sentimento de esperança, possuindo requisito para eventual ingresso na Tropa dos Lanternas Azuis


Desvantagens:


Secret Identity, Minor Irrational Fear (ficar cego), Miscellaneous: Kyle é muito dependente de sua visão, e sofre a penalidade normal de cegueira (+4 CS em OV/RV) em sua Artist assim como em relação às ações normalmente afetadas pela cegueira


Alter ego: Kyle Rayner

Motivação: Responsability of Power

Kyle Rayner 02

O primeiro uniforme de Kyle Rayner

Ocupação: Artista Gráfico; posteriormente, membro da Guarda de Honra de Oa

Riqueza 5 (2 no início de carreira)

Primeira aparição: Green Lantern Vol 3 #48 (janeiro de 1994)

ObservaçãoEdit

Considerem que, em seu início de carreira, Kyle tem Vontade 15, evoluindo para 16 após seu primeiro ano de uso de anel, 17 após tornar-se Ion pela primeira vez e 18 após libertar-se de Parallax. Além disso, entre a morte de Alexandra DeWitt e a sua libertação de Parallax, ele tinha a desvantagem Guilt.

EQUIPAMENTOEdit

  • ANEL DE PODER {Corpo: 25, Inteligência: 10, Force Manipulation: 18, Comprehend Languages: 20, Flight: 40, Invulnerability: 18, Life Sense: 40, Recall: 20, Regeneration: 4, Sealed Systems: 16, Skin Armor: 4, Spirit Travel: 50, Omni-Power: 9}. Perícias: Scientist (Analysis): 20. Observação: Scientist é uma Powered Skill. Bônus: Comprehend Languages: Compreende linguagens escritas; Invulnerability: Age contra dano físico. Limitações: Life Sense: Apenas membros da Tropa dos Lanternas Verdes. Vantagens: BODY do usuário torna-se 12 enquanto estiver portando o anel; Miscelânea: O anel funciona apenas em Kyle e seus descendentes, embora seres com força de vontade divina (WILL 25+ ) sejam capazes de ignorar esta característica; Miscelânea (após a fase Ion): Se estiver fora da posse de Kyle, o anel retorna para ele, usando Flight; Miscelânea (após a fase Ion): Quando sua carga normal de 24 horas acaba, o Anel de Kyle segue funcionando, com R# 2. Uma vez que este número seja atingido, aumenta para R# 3 e, depois, R# 5. Quando este último número for atingido, o anel descarrega, e precisa ser recarregado normalmente (retornando para R# 0). Desvantagens: Para cada AP usado de Skin Armor, é perdido 1 AP em Force Manipulation e Omni-Power; O Anel precisa ser recarregado a cada 15 APs de tempo (1 dia); Miscelânea: Requisito para uso - o usuário deve ser possuidor de grande força de vontade ( WILL 12+ ). Observação: Durante o início da carreira heróica de Kyle, seu anel apresentava um grande poder inato, maior do que poderia ser gerado simplesmente com a Vontade de Rayner. Considerem que, entre a criação do último Anel de Poder por Ganthet até o momento em que Kyle se tornou Ion pela primeira vez, o anel possuía também o poder Power Reserve: 10, utilizável em Force Manipulation e Omni-Power.

A bateria energética é usada para recarga do anel, a cada 24 horas terrestres. Querendo, seu dono pode torna-la invisível, com um comando mental (e normalmente o faz, para evitar que a mesma seja localizada por inimigos).

ÍonEdit

Kyle Rayner 03 as ion

Motivação

 

AtributosEdit

Destreza: 16 Força: 20 Corpo: 25

Int: 22 Vontade: 17 Mente: 14

Infl: 10 Aura: 5 Espírito: 10

Iniciativa: 48 Hero Points: 250


PoderesEdit

Force Manipulation: 34, Comprehend Languages: 20, Flight: 40, Invulnerability: 18, Life Sense: 40, Recall: 20, Regeneration: 4, Sealed Systems: 16, Skin Armor: 4, Spirit Travel: 50, Omni-Power: 17, Continuum Control: 34, Power Reserve: 17. Bônus: Comprehend Languages: Compreende linguagens escritas; Invulnerability: Age contra dano físico. Continuum Control permite reescrever a história do universo. Limitações: Power Reserve funciona em Force Manipulation, Omni-Power, Continuum Control e atributos físicos.

PeríciasEdit

Artist (Painter): 07, Charisma (Persuasion): 06

Vantagens:

Connections: Liga da Justiça da América (alta), Novos Titãs (baixa), Lanternas Verdes da Terra (alta), Tropa dos Lanternas Verdes (alta), Soranik Natu (alta); Sharp Eye; Scholar (física universal, continuum espaço-tempo); Miscellaneous: Kyle é detentor de grande sentimento de esperança, possuindo requisito para eventual ingresso na Tropa dos Lanternas Azuis

Desvantagens: Secret Identity, Minor Irrational Fear (ficar cego), Miscellaneous: Kyle é muito dependente de sua visão, e sofre a penalidade normal de cegueira (+4 CS em OV/RV) em sua Artist assim como em relação às ações normalmente afetadas pela cegueira

Alter Ego: Kyle Rayner Motivação: Responsability of Power

Ocupação: Herói

Riqueza: N/A


ParallaxEdit

AtributosEdit

Destreza: 16 Força: 20 Corpo: 25

Int: 20 Vontade: 17 Mente: 14

Infl: 10 Aura: 5 Espírito: 10

Iniciativa: 46 Hero Points: 150

PoderesEdit

Force Manipulation: 34, Comprehend Languages: 20, Flight: 40, Invulnerability: 18, Life Sense: 40, Recall: 20, Regeneration: 4, Sealed Systems: 16, Skin Armor: 4, Aura of Fear: 17, Omni-Power: 17, Control: 17, Power Reserve: 8. Bônus: Comprehend Languages: Compreende linguagens escritas; Invulnerability: Age contra dano físico. Limitações: Power Reserve funciona em Force Manipulation, Omni-Power e atributos físicos.


Vantagens:

Connections: Sinestro (alta), Tropa Sinestro (alta), Iron Nerves

Desvantagens:

Serious Irrational Hatred: Guardiões do Universo e Lanternas Verdes; Catastrophical Irrational Atraction: Parallax é a encarnação senciente do medo, e deseja espalhar esta emoção por todo o cosmo


Alter Ego: Kyle Rayner Motivação: Psycopath

Ocupação: Encarnação Viva do Medo

Riqueza: N/A


HistóricoEdit

Kyle Rayner 04

Lanterna Verde, uma vez mais.

Edit

O pai de Kyle Rayner é um agente mexicano-americano da CIA chamado Gabriel Vasquez, que trabalhou sob codinomes diversos, incluindo Aaron Rayner, e, atualmente, a identidade de Raymond Hauser. Quando o trabalho de Gabriel ameaçou a sua esposa e o filho pequeno, ele foi forçado a romper todos os laços rastreáveis com os dois, e até conspirou com Maura Rayner na fabricação de um incidente doméstico violento para explicar sua separação abrupta.

Para lamentação de Gabriel, a sua ausência na vida de sua família e a falta de seu apoio financeiro forçou Kyle e sua mãe num estilo de vida bastante modesto. Antes de adquirir um Anel Padrão dos Lanternas Verde, Kyle Rayner era um batalhador mas talentoso artista gráfico freelancer, que cresceu em North Hollywood e atualmente vivia e trabalhava em Los Angeles.


O último Lanterna VerdeEdit

Depois que Hal Jordan, angustiado com a destruição de sua cidade natal, Coast City, explodiu em fúria, matando vários membros da Tropa dos Lanternas Verdes e os Guardiões do Universo, Rayner foi encontrado pelo último Guardião do Universo sobrevivente, Ganthet, que deu a Kyle o último anel de poder, que permitiria a ele para conjurar qualquer forma de matéria ou energia através da pura força de vontade.

As razões de Ganthet para escolher Kyle para portar o anel nunca foram esclarecidas, além do fato de Rayner estar no lugar certo na hora certa. Mais tarde, o último Guardião revelou que os seres humanos tornavam-se grandes Lanternas Verdes (antes do colapso mental de Hal Jordan, ele foi o maior Lanterna Verde da Tropa, e John Stewart se tornou o primeiro mortal a adquirir o status de Guardião do Universo). Porém, algumas fontes indicam que Ganthet seguiu uma razão mais profunda: Kyle Rayner não foi escolhido porque ele era destemido, mas porque ele era capaz de sentir e superar o medo, tornando-o, e a todos os Lanternas no futuro, menos suscetível à influência de Parallax.
Kyle Rayner 05 as ion

Novamente Íon

Num primeiro momento, Kyle tomou posse do anel sem pensar nas consequências de fazê-lo. Sua namorada, Alexandra DeWitt, encorajou-o a ser mais responsável, criar sua própria versão do uniforme de Lanterna Verde e o ajudou a treinar para o seu novo papel como um super-herói, mas foi mais tarde assassinada pelo supervilão Major Força. A culpa sobre este evento levou Rayner a encarar o seu papel com mais seriedade e, como resultado, ele se esforçou para ser o melhor Lanterna Verde que poderia ser. Kyle, em seguida, mudou-se para Nova York, pois Los Angeles o lembrava de Alex e ele precisava de um novo começo.

Rayner cresceu admirando heróis como Superman e Batman, apesar de ter apenas um breve conhecimento sobre os vários Lanternas Verdes da Terra. Isso logo mudou, e ele descobriu que o anel de Lanterna Verde era a expressão suprema da sua fértil imaginação. Enquanto no campo de batalha, muitas vezes ele usou o poder do anel para criar construtos de qualquer coisa que a sua mente artística pudesse imaginar: outros super-heróis, personagens de anime, personagens místicos, mechas, armas futuristas e personagens originais de suas histórias em quadrinhos. Embora outros membros da Tropa questionassem a praticidade de tais construtos, eles ocasionalmente faziam de Rayner um oponente imprevisível e formidável.


Liga da JustiçaEdit

Depois de se mudar para Nova York, Rayner se juntou ao grupo de super-heróis Novos Titãs por um breve período, durante o qual ele namorou Donna Troy, mas acabou por se tornar um membro da Liga da Justiça da América. Ele inicialmente entrou em choque com o Flash (Wally West). Wally tinha trabalhado com Jordan desde a sua infância e tinha reservas sobre Kyle como novo Lanterna Verde, mas ele eventualmente acabou se tornando um dos melhores amigos e maiores apoiantes de Rayner.

Surpreendentemente, outro grande defensor de Kyle entre a LJA foi Batman, que muitas vezes o tratou com mais respeito do que ele mostrou alguns membros da Liga (incluindo seus antecessores como Lanterna Verde: Jordan, Gardner e Stewart), provavelmente devido ao fato de que, enquanto Kyle estava disposto a aprender com os outros, os outros Lanternas ficavam focados em seus anéis e habilidades pré-existentes. Rayner também entrou em um relacionamento romântico com Jade e forjou amizades com o pai de Jade, o Lanterna Verde (Alan Scott), o Arqueiro Verde (Connor Hawke), Arsenal (Roy Harper), Warrior (Guy Gardner), e John Stewart (que na época era um ex-Lanterna Verde).

Durante sua carreira de super-herói, Rayner acumulou também uma galeria de vilões, que incluiu personagens do passado de seus predecessores, como o Doutor Polaris e Doutor Luz, e novos vilões, como Nero e Fatalidade.


OblivionEdit

Kyle Rayner 06 as parallax

Kyle como Parallax

Durante o arco de histórias "Círculo de Fogo", é descoberto que uma entidade cósmica chamada Oblivion (Esquecimento) está vindo para a Terra, depois de ter atacado o planeta Rann. Este deixa Rayner chocado, porque o vilão é impressionantemente idêntico ao personagem de uma história feita quando ele tinha sete anos, durante o seu período de luta contra o medo e a raiva de crescer sem um pai, como um arqui-inimigo do aventureiro Canhoneiro. A Liga da Justiça tenta impedir Oblivion e, durante a batalha, Kyle é enviado de volta à Terra para obter reforços, mas a Liga é capturada.

Na Terra, Kyle recruta Poderosa, o Atomo, Nuclear, Adam Strange e o Círculo de Fogo - um grupo de Lanternas Verdes de realidades alternativas e diferentes períodos no tempo. Encontrando-se num papel como líder, Rayner divide este grupo para lidar com diferentes crises causadas por Oblivion, ou em alguns casos para procurar uma maneira de derrotá-lo. Eventualmente, em um confronto, Oblivion revela que ele é uma destilação das dúvidas e impulsos mais sombrios de Kyle, manifestada através do poder do anel. O vilão também revela que Rayner criou, inconscientemente, o Círculo de Fogo com base em seus aspectos positivos, porque ele precisava de ajuda. Quando eles percebem isso, decidem que os Lanternas Verdes criados devem retornar à mente de Rayner. Isso permite-lhe desbloquear mais poderes do anel, que eram anteriormente indisponíveis para ele, e também descobre uma força interior que nunca soube que possuía até o retorno de seus aspectos positivos para ele. Com essa constatação, Rayner é capaz de derrotar Oblivion em Nova York, aprisionando a entidade dentro de sua própria mente, e libertando a Liga da Justiça.


ÍonEdit

Por um breve período, Rayner alcançou poder divino como Ion, depois de absorver a energia que Hal Jordan tinha deixado no Sol durante a série A Noite Final, que tinha se fundido e crescido com energias liberadas após a derrota de Oblivion. Com os seus novos poderes, Rayner podia manipular o espaço, tempo e realidade, permitindo-se, por exemplo, estar em muitos lugares ao mesmo tempo. A desvantagem de ser uno com todas as coisas era que Kyle não conseguia mais dormir ou separar-se da esmagadora responsabilidade que vinha com tais habilidades.

Em vez de sacrificar sua humanidade, Rayner abandona a onipotência, liberando o seu vasto poder, recarrega a Bateria Central de Oa, e ajuda a criar um novo grupo de Guardiões no processo. Antes de ser despojado de todo o poder, porém, ele modificou o seu anel e conjurou um novo uniforme, para refletir a sua maturidade. Mais uma vez, limitado apenas pela sua força de vontade e imaginação, o anel de Rayner ainda poderia afetar amarelo, sempre havendo uma reserva de poder sem tempo limite para seu poder, ligado diretamente a ele, a quem sempre retornaria, apesar da recarga ser ainda necessária para alcançar plenitude energetica do anel.

Após o brutal espancamento homofóbico de seu jovem assistente e amigo Terry Berg, Rayner partiu em um longo exílio auto-imposto para o espaço. Antes de partir, ele deixou John Stewart, recuperado recentemente de sua paraplegia e com um novo anel de poder, em seu lugar na Liga da Justiça. Em seu retorno, descobriu que Jade tinha começado a encontrar outra pessoa, e estava fazendo-o em seu próprio apartamento. Ele deixou então Nova York e passou algum tempo tentando, novamente, encontrar o seu lugar na Terra, ficando com sua mãe por um breve tempo.

Lanterna Verde: RenascimentoEdit

Para maiores detalhes, consulte o artigo principal: Lanterna Verde: Renascimento

Depois de ser levado a acreditar sua mãe havia sido assassinada pelo Major Força, Rayner luta com o vilão. Sabendo de sua imortalidade, ele o decapita, atirando a sua cabeça para o espaço. Sentindo que é um perigo para aqueles com quem se importa, Rayner mais uma vez parte para os confins do espaço. Durante os eventos da minissérie Lanterna Verde: Renascimento, ele retorna com o cadáver de Jordan e a descoberta da verdadeira natureza de Parallax, que é revelado como sendo, na verdade, uma entidade alienígena parasita, a personificação do medo não-corpóreo, que possuiu Jordan e cometeu crimes em seu nome.

Após o desfecho da saga, Rayner recebe um status especial entre os Guardiões, que o consideram como o "Portador da Tocha", o Lanterna Verde que carregou o legado através do período mais sombrio da Tropa.


Novamente ÍonEdit

Em Crise Infinita, Alexander Luthor Jr. revela que se a Crise nas Infinitas Terras não tivesse ocorrido, Rayner teria sido nativo da Terra-8. Quando Jade morre, durante a Guerra Rann/Thanagar, transfere seu poder para Rayner, catalisando a sua segunda transformação em Ion.


Guerra dos AnéisEdit

Sinestro rapta Rayner de Oa através de um de seus novos anéis de poder amarelos. Na base da Tropa Sinestro em Qward, ele revela a Kyle que era responsável pela recente morte da mãe, tendo-a infectado com o vírus senciente Despotellis para matá-la, como parte de um plano para quebrar a força de vontade de Rayner, para que ele pudesse servir como novo hospedeiro de Parallax.

Sinestro também revela que Ion é realmente uma entidade de energia benevolente, semelhante a Parallax, que vive da força de vontade e que Rayner foi, sem saber, o seu atual hospedeiro. Kyle tem seus poderes drenados e Ion extraído para fora dele por Sinestro, e é imediatamente tomado por Parallax, que, em seguida volta a Qward com a Tropa Sinestro e é introduzido em suas fileiras, tornando-se um dos arautos do Antimonitor.


Novamente Lanterna VerdeEdit

Depois de ameaçar o irmão e a família de Hal Jordan em Coast City, Parallax é confrontado por ele, que fica enfurecido da tentativa da entidade de matar seu irmão Jim, bem como a posse que mantinha sobre Kyle. Durante a luta, Jordan acaba sendo absorvido por Parallax, em adição a Rayner, e Parallax toma uma nova forma física com um traje amarelo brilhante, um sinal de que ele é uma criatura capaz de induzir grande medo.

Enquanto isso, John Stewart ordena a Guy Gardner que recupere a pintura de um menino em um campo, que estava pendurado na casa da falecida mãe de Kyle. Quando Guy retorna e mostra a pintura para Parallax, isso visivelmente muda seu comportamento. Jordan, o farol de luz verde que tinha vindo para Kyle dentro de sua mente, o ajuda na luta contra Parallax exaustivamente, até que eles finalmente se libertam do controle da personificação do medo.

Assim, a agora separada criatura Parallax contra-ataca os Lanternas, quando os guardiões Ganthet e Sayd chegam com quatro Baterias Energéticas Portáteis, de forma a prender Parallax dentro de todas elas. Ganthet explica que seu ato final como um Guardião é dar a Rayner seu anel de poder. Os Lanternas Verdes se dividem então: Hal volta para Coast City para evitar que seja destruída novamente, com Kyle a seu lado, e John e Guy partem para Nova York para lutar contra o AntiMonitor, Superboy Primordial e o Superman Cyborg. Ao final de tudo, Hal e Kyle se engajam a Sinestro em combate físico, com os dois lanternas emergentes como vitoriosos contra o despótico Korugariano.

Depois da guerra, é atribuído o status de Guarda de Honra a Kyle, como parceiro de Guy Gardner, e ele é enviado para aconselhar Sodam Yat, o novo Ion. Kyle e Guy decidem se mudar para Oa, o que lhes dá melhor acesso para o exercício das suas funções. Desde sua promoção à Guarda de Honra, Rayner tem atuado como um solucionador de problemas para a Tropa, participando de ações como a derrota do membro da Tropa Sinestro, Mongul, e a captura de sua colega de tropa, Krybb. Depois disso, Rayner e a Lanterna Soranik Natu iniciaram um relacionamento romântico.


Contagem Regressiva Edit

Em contagem Regressiva, Kyle Rayner está entre as 'anomalias' listadas pelos Monitores como sendo perigosas para o Universo, e por isso ele está em sua lista de extermínio. Na mesma lista estão Duela Dent, Donna Troy e Jason Todd. Posteriormente,, ele se junta a Donna Troy, Jason Todd, o Monitor Bob, e o Jogral na "Busca por Ray Palmer". Quando finalmente localizam Ray Palmer (na Terra-51) Bob ataca, revelando os seus atos de assistência como um ardil. Kyle escapa com Ray, que revela que era o falecido Ray Palmer da Terra-51 que deveria impedir o Grande Desastre, e não ele. Os dois são atacados por Anel Energético e versões malignas do Gladiador Dourado e de Supergirl. Após o desfecho positivo das batalhas, Rayner se junta a Donna, Ray, e o Novo Deus conhecido como Forrageador para se tornar um "guarda-fronteira" para o Multiverso.

Kyle Rayner 07 as parallax

Como Parallax, após absorver Hal Jordan.

A Noite Mais DensaEdit

Para maiores detalhes, consulte o artigo principal: Noite Mais Densa

Continuando seus deveres como um membro da Guarda de Honra, Rayner se mudou para Oa, iniciando uma nova versão do Bar Warrior's com Guy Gardner, e continuando o seu romance com Soranik Natu, secretamente quebrando uma das dez novas leis no Livro de Oa revelado pelos Guardiões: Nenhuma relação (amorosa) entre Lanternas Verdes. Ele esteve envolvido nos eventos que antecederam A Noite Mais Densa, sendo um dos primeiros a lidar com um novo membro das Safiras Estrela, e lutou em Oa após a Guardiã renegada Cicatriz causar uma fuga de prisão em massa dos membros da Tropa Sinestro.

Após a fuga da prisão, os Lanternas Alfa foram ordenados pelos Guardiões a executarem todos os membros da Tropa Sinestro, e todos os demais prisioneiros. Rayner e Guy se opuseram a isso, mas foram ignorados pelos Guardiões, que os devolveram à Terra pela sua oposição ao decreto. Após o breve retorno à Terra, a dupla retornou a Oa, encontrando um enxame de anéis de poder negros, que reanimaram todos os Lanternas falecidos que repousavam nas criptas de Oa, deixando Kyle cara a cara com o cadáver reanimado de Jade.

Tendo aprendido que estes Lanternas Negros não eram verdadeiramente as pessoas falecidas que foram uma vez, mas uma grotesca zombarias delas, Rayner tenta destrui-la, mas a falsa Jade atormenta Kyle com imagens de pessoas com as quais ele falhou no passado. A falsa Jade é destruída por Soranik Natu.

Durante o ataque os Lanternas Negros à Bateria Central de Oa, a bateria de alimentação interna do Lanterna Alfa Chaselon foi rompida. Antecipando a sua detonação, e depois de professar o seu amor por Natu, Kyle sacrificou-se agarrando-a e usando-a para destruir o maior número Lanternas Negros que podia. Alguns anéis negros tentam ressuscitar Kyle como Lanterna Negro, mas são destruídos pela força conjunta de vários membros da Tropa, além de Munk da Tribo Índigo, Miri Riam das Safiras Estrelas, cujo poder encarna o amor. Tendo percebido o amor entre Kyle e Soranik em perigo, ela usa o seu poder para conectar o coração Kyle ao de Natu, e restaura-lo à vida.

Em sua jornada para a Terra, Rayner batalha com uma versão Lanterna Negro de Alexandra DeWitt, antes de ajudar a derrotar o líder da Tropa dos Lanternas Negros, Nekron. Na sequência, alguns dos Lanternas Negros são restaurados à vida, incluindo Jade.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.