FANDOM


Green Lantern Rebirth TP

Lanterna Verde: Renascimento ("Green Lantern: Rebirth", no original) foi uma mini-série em seis edições mensais, escrita por Geoff Johns e ilustrada por Ethan Van Sciver. Publicado pela DC Comics entre outubro de 2004 e maio de 2005, a série apresentou personagens de toda a história de sessenta anos de quadrinhos do Lanterna Verde.

O enredo segue o "renascimento" do Lanterna Verde da Era de Prata, Hal Jordan, e como ele supera o próprio medo, sob a forma da entidade cósmica Parallax. A série estrelou vários membros da força policial intergaláctica conhecida como Tropa dos Lanternas Verdes: Kyle Rayner, John Stewart e Guy Gardner. Ela reviveu elementos do mito do Lanterna Verde, incluindo os Guardiões do Universo, Kilowog e o vilão Sinestro, e introduziu novos conceitos, como o espectro emocional.

AntecedentesEdit

Em 1994, a DC Comics decidiu acabar com Hal Jordan, que tinha sido o principal Lanterna Verde da Terra desde a sua primeira aparição da DC Comics em 1959, e substituí-lo por um novo personagem para continuar o legado do Lanterna Verde, Kyle Rayner. O enredo, "Emerald Twilight" (Crepúsculo Esmeralda, no Brasil), que começou em Green Lantern (vol. 3) # 48 (Janeiro de 1994), envolveu Hal Jordan sucumbindo à loucura após a destruição completa de sua cidade natal, Coast City, nas mãos do vilão Superman Cyborg, e tornando-se o vilão Parallax. Jordan foi ao planeta Oa, a cidadela planetária dos Guardiões do Universo, que supervisionam e administram a Tropa dos Lanternas Verdes. Ele matou alguns colegas Lanternas Verdes que se opuseram a ele, e todos os Guardiões, com exceção de um: Ganthet. Ele também destruiu a Bateria Central de Oa, com a qual todos os Lanternas Verdes recarregavam seus anéis de poder, e até matou o ex-renegado, Sinestro, a quem Jordan expôs como um criminoso que usou seu anel de poder para escravizar o seu planeta e que, aparentemente, os Guardiões libertaram de sua prisão, na Bateria Central, em uma derradeira tentativa frustrada para parar Jordan. Este, em seguida, tentou destruir toda a existência para que ele pudesse recriá-la a seu gosto (na minissérie de 1994, Zero Hora).

Sinestro 002

Sinestro foi um dos antagonistas em Lanterna Verde: Renascimento.

Crepúsculo Esmeralda, como roteiro de Ron Marz, provocou indignação grave entre muitos fãs do Lanterna Verde. Apesar de manter Kyle Rayner como único Lanterna Verde remanescente, a DC respondeu com mais de uma tentativa de resgatar a imagem de Jordan, esperando acalmar os fãs irados, primeiro na minissérie de 1996 A Noite Final, na qual Hal sacrificou sua vida para novamente inflamar o Sol da Terra, e, em seguida, na minissérie de 199 Dia do Julgamento, no qual sua alma, definhando no purgatório, foi escolhida como a mais nova hospedeira do "Espírito da Vingança" de Deus, conhecido como O Espectro.

Essas tentativas, no entanto, não conseguiram aplacar os fãs. Em 2004, após o cancelamento da revista de Hal Jordan como o Espectro, e com um declive nas vendas dos quadrinhos do Lanterna Verde, bem como a aparência proeminente do personagem na popular série da DC "A Nova Fronteira", a DC decidiu pelo retorno de Hal Jordan como Lanterna Verde . Primeiro, a série mensal Lanterna Verde foi cancelada com a edição #181, e Geoff Johns foi designado para escrever Lanterna Verde: Renascimento, que abriria o caminho para o retorno de Jordan como Lanterna Verde. A série também responderia a perguntas persistentes sobre o caráter de Hal, bem como revelaria o mistério de décadas de porque os Anéis de Poder da Tropa dos Lanternas Verdes, as poderosas armas atribuídas a cada Lanterna que lhes permitem evocar virtualmente qualquer forma de matéria ou energia, não eram capazes de afetar qualquer coisa de cor amarela.

Geoff Johns anunciou seus planos para ressuscitar Hal Jordan em abril de 2004, na revista Wizard, comentando que ele estava trabalhando na minissérie de cinco problema por um ano e que era esperada para lançamento em outubro. Como pesquisa para o história, Johns passou um tempo com o Departamento de Piloto de Testes na Edwards Air Force Base.

A TramaEdit

Green Lantern Rebirth 3

O Espectro teve importante participação em Lanterna Verde: Renascimento; já Parallax foi um dos antagonistas.

Uma espaçonave de repente cai do céu, caindo perto de 2 caroneiros, e dentro dela eles encontram o Lanterna Verde da Terra, Kyle Rayner, feridos e fraco, que murmura "Ele tem um nome", e então cai perto de um objeto longo verde que aparece ser um caixão.

Uma série de incidentes estranhos e perturbadores, em seguida, começa a ocorrer. Hal Jordan, como Espectro, pune o vilão Mão Negra, tornando-se incapaz de se concentrar de forma clara, e sente que algo está errado, dizendo a seu amigo Oliver Queen (o Arqueiro Verde) que algo estava errado. A fisiologia Vuldariana metamorfa do ex-Lanterna Verde Guy Gardner começa a sofrer distúrbios. Coast City, há muito destruída, de repente reaparece com dois pilotos que voam sobre ela, embora o único edifício que esteja restaurado seja a antiga casa de Hal Jordan. De volta à Rodovia Hill, Rayner, semi-consciente, diz que aos caroneiros que precisa mostrar algo a eles. Conforme ele perde a consciência, o seu anel de poder começa a anunciar a iminente chegada de Parallax...

Quando Batman, Superman, Mulher Maravilha, Aquaman, Zatanna, Flash e John Stewart confrontam Jordan na Ferris Aeronáutica, onde este estava tendo reminiscências do passado com o seu amor do passado, Carol Ferris, Jordan insiste que ele não é responsável pela restauração de Coast City. Stewart, no entanto, de repente enlouquece, atacando os outros heróis, com o seu anel agora entoando a mesma mensagem sobre a vinda de Parallax. Enquanto isso, na Torre de Vigilância da Liga da Justiça na Lua, o anel de energia de emergência que Jordan deu, certa vez, ao Arqueiro Verde, duplica a si mesmo, e coloca-se no dedo de Guy Gardner, restaurando-o como um Lanterna Verde.

De volta à estrada Hill, surge o Lanterna Verde extraterrestre Kilowog, que inexplicavelmente ataca Kyle Rayner. No entanto, Ganthet, um dos Guardiões do Universo, tenta deter Kilowog, tentando proteger o caixão, que é revelado como tendo o corpo de Hal Jordan. Ele e Kilowog se envolvem em uma batalha feroz, e Rayner sente algo dentro de seu anel de tentar assumir a sua vontade, assim como aconteceu com Stewart e Kilowog. Ganthet teleporta Rayner e o cadáver de Jordan para a Torre de Vigilância da Liga da Justiça na Lua. Enquanto isso, Jordan investiga a aparência de seu antigo prédio antigo, onde ele é confrontado com a versão Parallax de si mesmo, que se envolve em uma batalha de vontades com o Espírito da Vingança ligado à alma de Hal.

É então que, enquanto o Espectro explica a Jordan a verdade sobre Parallax, simultaneamente, na Lua, Rayner faz isso para Queen. Rayner explica que ele viajou para a borda do universo, dentro do Setor 3599, e sobre o décimo planeta da estrela Pagallus, os moradores lhe disseram que Parallax na verdade era uma entidade demoníaca amarela parasita que nasceu no início de senciência, alimentando-se de medo, criando terror em qualquer coisa com que ele entrasse em contato, e fazendo com que civilizações inteiras se destruíssem, tomadas pela paranóia. Foi esta criatura que os Guardiões do Universo aprisionaram dentro da Bateria Central de Oa, usando a energia oposta do medo, a força de vontade. Rayner explica ainda que há um espectro eletromagnético emocional em que a força de vontade coletiva do universo é recolhido pela Bateria Central de Oa, e que a força de vontade verde é a mais pura. Parallax tinha adormecido há bilhões de anos, sua verdadeira natureza encoberta pelos Guardiões para impedir que alguém tentasse libertá-lo, e, portanto, tinha, eventualmente, vindo a ser referido simplesmente como "a impureza amarela." Esta foi a razão pela qual os anéis eram inúteis contra a cor amarela: Parallax enfraqueceu seu poder sobre o espectro correspondente, e, portanto, só alguém capaz de superar grande medo poderia dominar o anel de poder. Os Guardiões, por isso, selecionavam apenas a essas pessoas para se tornarem Lanternas Verdes.

Mas, em algum momento na história recente, Parallax foi despertado, fraco e com fome. Ele alcançou Jordan através do próprio anel de poder de Hal, quando Jordan estava em seu momento mais fraco, passando anos a influenciá-lo, causando-lhe aumento em sua auto-dúvida e medo, até mesmo fazendo com que seu cabelo ficasse branco nas têmporas. O controle de Parallax sobre Jordan explodiu com a dor deste pela destruição de Coast City, e foi a influência de Parallax que provocou a atividade posterior de Jordan, que resultou no ataque a Oa e em várias mortes. Quando Jordan destruiu a Bateria Central, ele sem saber libertou Parallax, que enxertou-se na alma da Jordânia, e suprimiu as memórias de Ganthet a respeito do parasita. Foi por causa de Parallax, que estava agora livre, que o Anel de Poder de Kyle Rayner não tinha qualquer fraqueza contra a cor amarela, e, após o sacrifício feito por Jordan, de sua própria vida, durante A Noite Final (por um instante, a verdadeira alma heróica de Hal brilhando através da influência de Parallax), o Espírito da Vingança conectou-se à alma de Jordan, como ele explica para o mesmo, a fim de erradicar o parasita Parallax dele.

Neste momento, o Arqueiro Verde e Rayner são atacados por Sinestro, aparentemente muito vivo, que explica que foi ele quem usou seu anel de poder Qwardiano amarelo para tocar no poder de Parallax e despertou-lo, e que o Sinestro que Jordan matou (durante Crepúsculo Esmeralda) era uma construção ilusória de Parallax, criado para que seu assassinato servisse como o estágio final da suscetibilidade da alma de Jordan para a impureza, a fim de quebrar a sua vontade.

A Liga da Justiça da América, Sociedade da Justiça da América e os Titãs chegam a Coast City para atacar Parallax, mas a entidade inibe os seus esforços, fazendo com que eles sintam medo. O Espírito da Vingança, no entanto, consegue sobrepujar Parallax, e finalmente remove o parasita da alma de Jordan. Precisando de uma alma para habitar, Parallax ataca Ganthet, enquanto a alma de Jordan é puxada em direção à luz do pós-vida. Ganthet, porém, consegue guiar a alma de Jordan de volta para seu corpo físico na Lua. Com sua alma e pensamentos claros, pela primeira vez em muito tempo, Jordan sai do caixão ressuscitado como um ser humano mortal novamente, mais uma vez tomando o seu lugar como Lanterna Verde, as partes brancas do seu cabelo ainda restaurados ao seu castanho original. Ele e Sinestro se envolvem em uma batalha feroz na Lua, e entre sistemas estelares inteiros. Eventualmente, Hal força o renegado de volta ao universo de antimatéria para que ele foi banido. Jordan e Rayner partem, em seguida, para Coast City, onde, juntamente com John Stewart, Guy Gardner e Kilowog, libertam Ganthet da possessão de Parallax, e aprisionam o parasita de volta na Bateria Central em Oa. Os Guardiões, em seguida, anunciam que é chegada a hora de reconstruir a Tropa dos Lanternas Verdes.

Após a batalha, Batman não está totalmente convencido de que todo esse tempo Hal não era responsável por suas ações como Parallax, mas, no entanto, decide que o universo "precisa de pouco mais de luz de qualquer maneira", assim, reconhece que a Jordan está de volta. Hal restabelece suas relações com Carol Ferris, que decide reabrir a Ferris Aeronáutica, e Oliver Queen, que se oferece para deixá-lo ficar em sua casa até que ele consiga reorganizar a sua vida. Com este novo começo, Hal, pela primeira vez desde a destruição de Coast City, finalmente encontra a coragem e a paz de espírito para seguir em frente e reconstruir a sua vida.

Longe dali, na prisão de Belle Reve, Hector Hammond sente a ressurreição de Jordan, e fica contente, aguardando a oportunidade de confrontar o seu antigo inimigo uma vez mais...

ConsequênciasEdit

Green Lantern Rebirth 6

O embrião da renascida Tropa dos Lanternas Verdes

  • Lanterna Verde: Renascimento ressuscitou totalmente Hal Jordan, separando-o tanto de Parallax, a quem tinha sido ligado desde Crepúsculo Esmeralda, quanto do Espectro.
  • Este, agora sem um hospedeiro, foi mais tarde descrito como tendo desencadeado o caos no mundo da magia (como mostrado no tie-in de Crise Infinita, Dia de Vingança.
  • A Tropa dos Lanternas Verdes e os Guardiões do Universo, ausente dos quadrinhos desde Crepúsculo Esmeralda, também foram reintroduzidos pelos escritores.
  • Além disso, a fonte da impureza amarela foi causado por uma conexão de Parallax com a Bateria Central. A Tropa, pela primeira vez na história, poderia superar a fraqueza amarela, sentindo medo e superando-o.
  • Geoff Johns e Dave Gibbons, posteriormente, co-escreveram em 2005 uma minissérie em cinco edições denominada Tropa dos Lanternas Verdes: Recarga, (Green Lantern Corps: Recharge, no original), que mostrava Rayner, Gardner e Kilowog enquanto eles ajudam os Guardiões a começar a tarefa de recrutamento de 7.200 novos recrutas para repovoar as fileiras da Tropa dos Lanterna Verde, ao lidar com uma misteriosa série de formações de buracos negros que ameaçam o planeta Oa.
  • A DC Comics, posteriormente, começou uma nova série mensal da revista Lanterna Verde (quarto volume), começando com a edição # 1 (julho de 2005), estrelado por Hal Jorda,n enquanto tenta reconstruir sua vida, movendo-se para a quase deserta Coast City, que está lentamente a ser reconstruída.
  • O sucesso de Green Lantern: Rebirth levou a aclamação popular para a equipe de Geoff Johns e Ethan Van Sciver, e lhes permitiu revisitar o conceito para outro personagem clássico em 2009, produzindo The Flash: Rebirth.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.