FANDOM


Constantine

Atributos:Edit

Destreza : 4 Força: 3 Corpo: 4
Inteligência: 11 Vontade: 10 Mente: 8
Influência : 9 Aura : 12 Espírito: 8
Iniciativa : 24 Hero Points : 60

perícias :Edit

Artist (musician) 5, Charisma 10, Occultist 12, Thief 4


Vantagens:
Edit

Attractive, Connections: Brigada dos Encapotados (alta), Comunidade Mística (alta), Monstro do Pântano (alta), Gift of Gab, Iron Nerves, Luck, Magic Background, Omni-Connection, Scholar (cultos, demonologia), Miscellaneous: Possui sangue do demônio Nergal.

Desvantagens:Edit

Guilt (assombrado pelos fantasmas de amigos mortos), Séria Irrational Attraction em fumar, Leve Irrational Hatred por Monstro do Pântano (apesar de não odiá-lo ao ponto de querer prejudicá-lo, Constantine é ressentido pelo fato do Monstro ter tomado possessão de seu corpo sem seu consentimento a fim de engravidar Abigail Arcane e deve tomar sua ajuda somente em último caso.), Weirdness Magnet

0007

John Constantine sendo assombrado por fantasmas de seus colegas de Newcastle.


Motivação: Responsability of Power

Ocupação: Solucionador de problemas ocultos

Riqueza: varia consideravelmente

Rituais:Edit

Ritual de Evocação e ControleEdit

Efeitos: Dimension Travel (Evocar somente) 16, Control 16

Tempo: 11 APs (2 horas)
Ritual constantine

John Constantine executa um ritual.

Componentes: Vestimentas especiais e ervas, crânios de gatos, velas, sangue; custo de 500 dólares (5 APs)

Restrições Especiais: O evocador deve realizar preparativos especiais por uma hora antes de começar o ritual. Os efeitos só agem sobre certos demônios específicos; tentar Control em um demônio sem saber seu nome é Pushing the Limit (+5 colunas na OV/RV)

Notas: este ritual atualmente são dois em um. O teste de Occultist sofre +1 coluna na OV/RV devido a realizar dois efeitos ao mesmo tempo. Primeiro o evocador conduz a parte de Dimension Travel, e depois que o demônio é evocado, imediatamente ele faz a parte de Control. O tempo necessário de 2 horas serve para ambos os efeitos; ele não precisa esperar 2 horas depois que evoca o demônio, usando Control imediatamente.

John Contantine usou este ritual em Newscastle, liberando o demônio Nergal. O ritual recebeu penalidade pois John não usou os crânios, e na época a OV/RV de Control sofreu as +5 colunas pois ele não sabia o nome do demônio evocado. John não tem este ritual pois não pagou o custo em hero Points; ele leu o ritual numa cópia mal-feita do Grimorium Verum.


Ritual de Localização de PessoaEdit

Efeitos: Life Sense 14

Tempo: 9 APs (30 minutos)

Componentes: amuleto especialmente preparado, um item pertencente a vítima, um mapa da cidade; custo de 50 dólares (1 AP)

Restrições Especiais: O evocador deve conhecer a vítima.

Notas: John usa o amuleto encima do mapa e isto indica onde no mapa está a vítima.


Ritual de Hipnose

Efeitos: Hypnotism 2

Tempo: 1 AP (2 fases)

Componentes: nenhum (0 APs)

Notas: Como notado, isto só funciona em mentes muito fracas. John usou isto uma vez quando esteve como mendigo, a fim de que um senhor lhe desse a carteira cheia de dinheiro.

SincronicidadeEdit

Constantine é um costumeiro usuário dos caminhos da sincronicidade. Por instinto, ele sabe quando tremendas coincidencias irão ocorrer. Em Books of Magic #2, por exemplo, ele embarcou com Timothy Hunter num avião e as aeromoças simplesmente "esqueceram" de pedir passagens ou passaportes.

OrigemEdit

Arrogante, negligente e enganador, John Constantine é um exorcista, ainda que use seus poderes de forma um tanto sutil. Tem vastos conhecimentos sobre ocultismo, demonologia e outros assuntos obscuros. Esse personagem foi criado por Alan Moore, como um mero figurante da revista Monstro do Pântano, mas se popularizou rapidamente. Foi criado por Moore para satisfazer o pedido dos então desenhistas da revista, Steve Bissette e John Totleben de ter um personagem fisicamente parecido com o cantor Sting nas histórias. Um ano depois de sua primeira aparição, ganhou sua própria revista, Hellblazer, escrita durante muito tempo por Jamie Delano e ilustrada por John Ridgway.


Passado de Constantine Edit

Durante o início da década de 70, Constantine já havia dado seus primeiros passos no mundo da magia. Conta-se que teria financiado todo um festival de rock com dinheiro ganho numa aposta em que acertou o dia e a hora exatos do ataque cardíaco que matou Lyndon Johnson. Em 1978, John Constantine funda sua própria banda e se torna vocalista. É com essa banda que ele procurou o Clube Casanova, onde teve seu fatídico encontro com Nergal.


Newcastle Edit

Na cidade inglesa de Newcastle, aconteceu o evento mais significante do passado de Constantine. Lá ficava o clube Casanova, onde John e sua banda (Mucous Membran) foram procurar por trabalho. Encontraram o clube deserto e restos de corpos no porão. A única pessoa viva no lugar era Astra Logue, a filha do proprietário, que estava em choque. Ela conta a John os abusos que seu pai lhe infligia e como, quando não aguentava mais essa situação, um ser demoníaco pareceu brotar do seu sofrimento.


Constantine, que já conhecia magia na época, decidiu invocar um outro demônio para enfrentar a criatura. Ele e seus amigos tentam conjurar o demônio Sagatana, mas um erro no ritual faz com que o demônio invocado fosse outro. Esse demônio, Nergal, consegue destruir facilmente o outro e aproveita o fato de não estar sendo controlado por John para levá-lo junto com Astra para o Inferno. (Na mitologia da revista, manter um demônio subjugado depende do conhecimento de seu nome).


John conseguiu fugir do Inferno imediatamente, mas Astra ficou para trás. Vislumbrar o inferno e a culpa por não conseguir salvar Astra custaram à Constantine sua sanidade: logo após esses acontecimentos ele passou dois anos internado no manicômio de Ravenscar.


Descontente com a fuga de Constantine, Nergal amaldiçoou a ele e a seus amigos, que após o acontecimento de Newcastle, foram morrendo um a um. Seus fantasmas ainda o procuram constantemente.


Histórias Edit

Suas histórias são geralmente constituídas apenas de conversas, mas sempre com um fundo sobrenatural. Sempre acompanhado de seus amigos, todos eles também envolvidos com o mundo do sobrenatural, Constantine enfrenta demônios, vampiros, fantasmas entre outros seres. Na maioria conta com seu amigo taxista Chas, com quem constantemente briga. Já enganou até mesmo Lúcifer para poder escapar de um câncer de pulmão. E esse é John Constantine, um mago que só pensa em si mesmo e não hesita em xingar anjos, fazer gestos obscenos para demônios e arriscar vidas alheias, sempre querendo apenas livrar a própria pele.


Genealogia Edit

Apesar de ser pouco conhecida por grande parte dos leitores por estar espalhada em diversas revistas (inclusive em outros títulos, como Sandman), a genealogia da família Constantine é longa ainda que nebulosa. Seus parentes distantes estavam fadados como ele a se envolver com ocultismo e intrigas. Houve uma Johanna Constantine, enforcada por traição durante a Revolução Francesa, um Harry Constantine que participou junto de Oliver Cromwell da invasão da Irlanda (e que passou cerca de trezentos anos enterrado vivo) e um Constantine teria sido o sucessor do mítico Rei Arthur.


Referências reais Edit

Com seu passado de músico agitador e seu presente de intervenções em todo tipo de assunto pôlemico, John Constantine e suas histórias sempre estiveram ligados a acontecimentos do mundo real. Já foram abordados na revista assuntos como a disseminação crescente do HIV, a ascensão dos yuppies e de grupos de skinheads durante os anos 80, entre outros.


O ápice desse entrelaçamento com a realidade provavelmente se deu já na revista número 3, que descreve uma parte do inferno que funciona como "Bolsa de Valores de Almas". A história mostra os demônios-corretores desse lugar otimistas com o aumento do valor das almas britânicas, causado pela expectativa de um terceiro mandato do Partido Conservador - expectativa que se consumou com a eleição em 1987 de Margareth Tatcher. Constantine dribla a situação agindo como um verdadeiro especulador financeiro: finge estar desesperado para vender sua alma enquanto ainda está "em alta", fazendo esses demônios pensarem que ele sabe que a esquerda vai ser eleita, o que quebraria seu mercado.


Há também Historias especiais, como Shoot e Pátria Amada, que tratam de atualidades como a intolerância racial e guerras civis (com referências ao grupo terrorista IRA).


Essa é uma constante do comportamento de John Constantine: ludibriar os inimigos para alcançar seus objetivos, tanto ou mais do que faz uso da magia. Várias vezes ele fez o mesmo também com seus aliados (o Monstro do Pântano e seu amigo Chas principalmente).

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.