FANDOM


Infinite Crisis trade paperback (1)

Crise Infinita ("Infinite Crisis", no original) foi uma saga da DC Comics, publicada em 2005/2006 numa mini-série homônima em 7 partes, com vários crossovers com as revistas DC. Escrita por Geoff Johns, desenhada por Phil Jimenez, George Pérez, Ivan Reis e Jerry Ordway, e finalizada por Andy Lanning. A minissérie principal estreou em outubro de 2005, e cada questão foi lançada com duas capas alternativas: uma por Pérez, e uma por Jim Lee e Sandra Hope. O enredo da série era uma continuação da série limitada de 1985, Crise nas Infinitas Terras. Ela revisitou personagens e conceitos da Crise anterior, incluindo a existência do Multiverso DC. Alguns dos personagens em destaque eram versões alternativas de ícones em quadrinhos, como um Superman alternativo chamado Kal-L, que veio de universo paralelo chamado Terra 2. Um tema principal foi a natureza do heroísmo, contrastando às vezes os heróis mais sombrios e conflituosos dos tempos modernos com lembranças dos heróis "mais leves" e aparentemente mais nobres dos dias iniciais dos quadrinhos norte-americanos. A trama começa quando, em Crise nas Infinitas Terras, Kal-L, o Superman Pré-Crise da Terra-2, o Superboy Primordial, Alexander Luthor Jr. da Terra-3 Pré-Crise, e Lois Lane-Kent, da Terra-2 Pré-Crise voluntariamente se isolaram no "paraíso". A DC começou oficialmente a nova crise com uma edição especial chamada Contagem Regressiva para a Crise Infinita, seguida por quatro miniséries de seis edições cada (Projeto OMAC, Dia de Vingança, Vilões Unidos e Guerra Rann–Thanagar), que ao final se interligaram, culminando na Crise Infinita. Uma vez que a Nova Crise foi concluída, a DC aproveitou o evento Um Ano Depois para mover as narrativas da maior parte das série do Universo DC para a frente em um ano. A série semanal 52 iniciou sua publicação em maio de 2006, e retrata alguns dos eventos que ocorreram entre Crise Infinita e Um Ano Depois. Prenunciada por referências a esta crise de continuidade DC como a "crise do meio", em 2008, uma terceira crise, a Crise Final, teve sua trama iniciada em junho de 2008, tendo sido lançada imediatamente após a conclusão da série semanal Contagem Regressiva para a Crise Final.

363px-SupermanKalL

Personagens oriundos de Crise nas Infinitas Terras tiveram grande importância em Crise Infinita. Começando do centro, em sentido horário: Superman (Terra 2), Lois Lane-Kent da Terra-2, Superboy Primordial e Alexander Luthor, Jr. da Terra-3.

História da PublicaçãoEdit

PrelúdiosEdit

Crise Infinita foi anunciada em Março de 2005. O evento foi iniciado com o lançamento de Contagem Regressiva para Crise Infinita, que foi seguida por quatro miniséries de seis edições cada: Projeto OMAC, Guerra Rann-Thanagar War, Dia de Vingança e Vilões Unidos, assim como uma mini-série limitada de 4 partes DC Especial: O Retorno de Donna Troy. Estas quatro primeiras séries limitadas tiveram, cada uma, um tie-in especial, publicado em intervalos mensais durante o evento Crise Infinita.

Tie-insEdit

Como acontece com muitos grandes crossovers de quadrinhos, Crise Infinita apresentou um grande número de tie-ins. Antes do evento foi anunciada, sagas tais como Adam Strange: Mistério no Espaço e Crise de Identidade foram sendo descritos como parte de planos maiores. Após Contagem regressiva, várias revistas foram identificadas como tie-ins para as quatro mini-série. Assim, apesar de Crise Infinita em si ser apenas uma mini-série de 7 edições, os elementos de sua trama apareceram em dezenas de publicações. Alguns desses livros foram de importância direta e principal, tal como Crise de Consciência, história da Liga da Justiça que terminou com com a Torre de Vigilância lunar sendo destruída, levando diretamente para Crise Infinita #1.

Planejamento EditorialEdit

O editor executivo da DC Comics, Dan DiDio, afirmou que Crise Infinita estava sendo sugerida em várias histórias dois anos antes do seu lançamento, começando com a "morte" de Donna Troy. O anúncio foi subestimado em sua maioria até o lançamento da minisérie de Adam Strange em 2004, altura em que a mídia relacionada aos quadrinhos começou a relatar que a DC estava planejando um evento muito grande, mencionando os títulos Teen Titans, The Flash, e JSA, todas escritas por Geoff Johns. Com Contagem Regressiva para Crise Infinita, Crise Infinita visivelmente começou a afetar a política editorial da DC. Geoff Johns e Grant Morrison mudaramu-se para posições editoriais, além de suas tarefas de escrita, respectivamente, para coordenar a coerência do Universo DC e para lidar com reformulações de vários personagens. Mark Waid assinou exclusivamente com a DC, recebendo um papel editorial semelhante. A DC substituiu seu logotipo de décadas de idade, (a "bala DC") com um novo (o "DC spin") que estreou na primeira edição do DC Especial: O Retorno de Donna Troy. Além de marcar uma grande mudança editorial dentro da DC Comics, Crise Infinita foi um retorno aos grandes crossovers que envolviam toda a empresa, gênero que se tornara incomum desde a retração da indústria de quadrinhos na década de 1990.


A TramaEdit

Infinite Crisis 001 trinity

A discórdia entre os membros da Trindade é um dos motes de Crise Infinita.

Após os eventos de Crise nas Infinitas Terras, é mostrado que os personagens que entraram no "paraíso" acabam não muito satisfeitos. O seu novo lar era semelhante a um cristal que respondia às emoções dos habitantes: Superboy Primodial, Alexander Luthor, Jr., Superman da Terra-2, e Lois Lane-Kent da Terra-2. Superboy Primordial assiste constantemente à sua nona festa de aniversário e à primeira vez em que usou seus poderes. Essas gravações felizes fazem com que ele se torne instável, desejando ser devolvido à sua Terra (a Terra Primordial). Cheio de raiva e frustração, Superboy Primodial desfere socos nas paredes de sua dimensão, enviando um efeito cascata em todo o universo, assim como onde estão. Esta onda faz com que a realidade reconstrua certos aspectos de si mesma, fazendo a história como ela deveria ser em todas as Terras individuais que foram destruídas. Alguns exemplos disso foram a ressurreição da Patrulha do Destino e de Jason Todd. Essas ondas também causam o enfraquecimento da saúde de Lois Lane da Terra-2. Outra revelação é feita por Alexander Luthor, que percebe que poderia tê-los enviado para o domínio de Darkseid, Apokolips, e por lá retornar à Terra, em vez de ir para o "paraíso" cristalino. Acreditando que a Terra Nova é imperfeito e precisa ser substituída, Alexander Luthor concede poderes ampliados para o Superboy Primordial, o que lhe permite romper os limites da dimensão onde estavam. Após isso, Alexander Luthor rouba o controle do Irmão Olho, o satélite construído por Batman; forma uma nova Sociedade Secreta dos Supervilões (conhecida simplesmente como "A Sociedade") para atacar heróis da Terra, e conspira para que o Espectro espalhe caos e confusão entre a comunidade mística do Universo DC. Superboy Primordial destruiu a Torre de Vigilância lunar da Liga da Justiça, e tomou o Caçador de Marte como refém; desencadeou uma guerra entre Rann e Thanagar, e recuperou o cadáver do Anti-Monitor.

Sboyprime

Superboy Primordial foi um dos antagonistas em Crise Infinita, causando a morte de diversos heróis.

Nos escombros da Torre de Vigilância, a Trindade da DC (Superman, Batman e Mulher Maravilha) debate a situação atual na Terra. Batman deixa claro que Superman precisa de estar na Terra e ajudar, e que a Mulher-Maravilha cruzou a linha ao matar Maxwell Lord. Depois de um breve combate com Mongul, eles se separam, unindo-se à luta. Por sua vez, Kon-El reflete se deve ou não interferir, enquanto permanece na fazenda Kent. Durante este tempo, os OMAC têm destruído toda a população meta-humana, sendo a vítima mais recente o Caça-Ratos. Depois de descobrir o paradeiro de Asa Noturna, o OMAC dá partida em uma missão alternativa; para aumentar a confusão, Gotham está sob o ataque de vários vilões letais, juntamente com o Espectro. Na tentativa de descobrir o que a Sociedade é na verdade, os Combatentes da Liberdade atacam uma refinaria "abandonada" e são recebidos por Exterminador, Doutor Polaris, Sinestro, Bizarro, Zoom, Pirata Psíquico II, Adão Negro, Cheetah e Doutor Luz. Aqui, todos os Combatentes da Liberdade são mortos em uma chacina, exceto pelo Tio Sam. A única vítima da Sociedade é o Doutor Polaris, que é morto pelo Bomba Humana. Posteriormente, Alexander Luthor convence Kal-L a destruir as barreiras da dimensão onde estavam, saindo da mesma, com o objetivo de tentar recriar o mundo para melhor. Logo após isso, o Homem-Animal é transportado para Nova Cronos, a base para um grupo de defesa contra a crise. Ao mesmo tempo, Poderosa é atacada pelos esforços combinados de Cara de Barro, Pirata Psíquico II, Giganta e outros. Quando ela está prestes a ser derrotado, Kal-L vem em seu socorro e derrota a todos com facilidade. Ele então diz a Poderosa, "Tem sido um longo tempo, prima. Muito tempo." Em seguida, eles voam de volta para uma Fortaleza da Solidão oculta no Ártico, onde Poderosa encontra a todos do grupo do "paraíso".

Alexluthorjr2

Alexander Luthor Jr. foi o outro antagonista em Crise Infinita.

Alexander Luthor revela que ela deve ter caído por uma fenda na realidade e sido "reformulada" e adaptada para a realidade atual. Ela também recebe uma explicação detalhada do universo, mas distorcida, no sentido de dizer que a era atual de heróis é muito sombria. Poderosa, por fim, recupera as memórias de sua versão Pré-Crise. Depois de perceber que Batman estava certo, Superman voa em ação para combater a crise. Ele, então, reúne-se com o Pacto das Sombras, ao impedir que um edifício entre em colapso. Percebendo que o Capitão Marvel está longe de ser encontrado, Alexander Luthor, disfarçado como Lex Luthor, ordena que o Adão Negro seja capturado em seu lugar. Ele também tem o Irmão Olho a provocar Batman, dizendo que não está mais sob o controle do Cavaleiro das Trevas. É mostrada ao mundo a batalha de Themyscira contra os OMAC; é dito ao Coringa que ele não pode entrar na Sociedade, e o Superman da Terra-2 revela que eles estão planejando tornar a Terra-2 o modelo para a realidade atual, em vez da Terra-1. Para distrair os heróis da Terra de seus verdadeiros planos, a Sociedade envia Chemo para a cidade de Blüdhaven, matando milhões de pessoas. Depois, Superboy Primodial vai para Smallville "conversar" com o Superboy moderno. Uma briga irrompe entre os dois, atravessando todo o estado de Kansas, que os leva a Keystone, onde Conner utiliza seu comunicador para entrar em contato não apenas com os Novos Titãs, mas também com a Sociedade da Justiça e a Patrulha do Destino, entre outros. Depois de acidentalmente matar alguns dos heróis, Superboy Primordial é atacado por Jay Garrick, Wally West e Kid Flash, e levado para a Força da Aceleração, com Jay caindo pouco antes de entrar na dimensão. O Flash é então convertido em energia, juntamente com sua esposa Linda e seus filhos gêmeos, deixando Bart sozinho para lutar contra o Superboy psicótico. Em seguida, ele recebe ajuda de três dos residentes da Força da Aceleração: seu avô Barry Allen, Johnny Quick e Max Mercúrio, sendo que todos eles puxam o Superboy Primodial para a Força da Aceleração.

Infinite Crisis 3B

O encontro entre Batman e Kal-L

Depois de considerar os planos de Alex para recriar a Terra-2, Poderosa volta à Fortaleza para dizer-lhes que ela quer trazer alguns dos heróis da Terra para o grupo, quando ela vislumbra o verdadeiro plano de Luthor, um diapasão ("garfo") semelhante ao utilizado na primeira Crise, mas desta vez, combinado com o cadáver do Anti-Monitor. Antes que ela possa escapar, é nocauteada pelo Superboy Primordial. Enquanto isso, Kal-L vai ao encontro do Batman atual, que está interessado na idéia de recriação da Terra-2. Superman fala a ele das pessoas que viviam na Terra-2, incluindo a versão deste mundo do Batman, que cresceu e envelheceu até se casar e ter um filho. Quando Batman lhe pergunta se o Robin da Terra-2 é melhor do que Dick Grayson, Superman diz que não, que é o que Batman acreditava, levando o Homem Morceho a empunhar a Kryptonita em sua posse. Mas, uma vez que kryptonianos só são afetados pela kryptonita da sua dimensão, esta Kryptonita não tem efeito sobre Kal-L, que usa sua visão de calor para destruí-la e decide voltar para a sua esposa na Fortaleza. Depois de programar o Irmão Olho e os OMACs para cercarem a torre, vemos que as pessoas que foram capturados por Alexander Luthor são pessoas que são das Terras do Multiverso original - o Caçador de Marte da Terra-1, Poderosa da Terra-2, Adão Negro da Terra S, Sombra da Noite da Terra 4, Lady Quark da Terra 6, e Brecha da Terra 8 - que ele precisa para recriar não só as Terras centrais que se fundiram na primeira Crise, mas o Multiverso inteiro. Ele faz o Pirata Psíquico usar o seu poder em Adão Negro para que este diga a palavra mágica (Shazam), que energiza a torre, e a Terra-2 é recriada, com o povo nativo a esse mundo, incluindo a Sociedade da Justiça, Kal-L e sua esposa Lois, sendo transportados para lá.

OMAC 003

Mulher-Maravilha e a Ilha Paraíso são atacadas por um pelotão de OMACs

Na Terra-2, a Sociedade da Justiça não faz idéia de onde está, mas Superman e Lois estão felizes por estarem de volta, em frente ao prédio do Estrela Diária. No entanto, Lois ainda está fraca pelas viagens dimensionais, e eventualmente vem a falecer. Kal-L solta um grito enorme, o que quebra o vidro ao redor dele, e causa fissuras no concreto embaixo dele. O grito é tão alto que até mesmo o Superman moderno consegue ouvi-lo, voando até a Terra-2. Chegando lá, ele vê o Superman e Lois desse mundo e se pergunta o que está acontecendo; Kal-L culpa Kal-El por trazer a corrupção da Terra-1 para a Terra-2 e o ataca, iniciando uma batalha que destrói grande parte da Metropolis da Terra-Dois antes da Mulher Maravilha interromper a luta. Kal-L repreende a sua contraparte por não ser perfeita, mas Kal-El retruca que uma Terra perfeita não precisa de um Superman, o que detém Kal-L e o faz se voltar para o corpo de sua esposa. Depois de ser curado de sua luta contra o Superboy Primordial, Superboy vai para a Torre Titã e encontra apenas o Asa Noturna; tendo em vista que os outros Titãs estão lidando com os desastres em todo o mundo, eles são os únicos que podem ir para a torre no Ártico, onde a Moça Maravilha se junta a eles, que lançam um ataque sobre torre de Alex e libertam os heróis conectados a ela. Enquanto isso, no Japão, a Doutora Luz percebe o Flash está de volta, mas este é Bart, que envelheceu até a idade adulta e está usando o uniforme de seu avô. Ele diz que o Superboy Primordial escapou da Força da Aceleração, vestindo uma armadura com base na do Anti-Monitor, que constantemente o realimenta com a luz solar amarela.

Superboy Death

Heróis lamentam a morte do Superboy

Com a torre ativada, Alex dispara um feixe em Kal-L, o que traz de volta o resto da Multiverso, enviando o resto do povo da Terra para as suas respectivas terras nativas, incluindo a Terra-S, a Terra-898, e até mesmo a Terra-3. Alex procura através das Terras, e tenta mesclar diferentes Terras em conjunto, para criar a Terra perfeita. Kal-L percebe que Alex tem usado ele por todo este tempo, e voa com Superman e Mulher Maravilha de volta à Terra-1, mas não sabe onde ele está, uma vez que o céu está coberto com dezenas de Terras paralelas. Superboy Primordial vai para a torre e ataca os heróis, e aborda Alex para que este pare a fusão de Terras diferentes e encontre a Terra Primordial. Os dois Superboys retomam então a sua luta, com o enormemente poderoso psicopata claramente batendo Kon-El, e quebrando o pulso deste. Porém, Kon-El investe contra seu rival, e ambos trespassam a torre, destruindo não só a ela, mas ao Multiverso de Alex, fazendo todas as Terras se unirem novamente, e reemergindo as Terras de volta como uma Nova Terra, sacrificando para isso a sua vida, com os dois Supermen, a Mulher Maravilha e Batman chegando tarde demais, enquanto Superboy morre nos braços da Moça Maravilha. Enquanto isso, a Sociedade lançou o seu plano mais ambicioso quando encenou uma fuga da prisão em todo o mundo a partir de todas as prisões/instalações que continham supervilões. Oráculo e o Caçador de Marte coordenam os super-heróis da Terra, enquanto tentam conter tantos fugitivos quanto possível. Enquanto isso, Dr. Psycho e Pórtex libertam Apocalypse de sua prisão no centro da Terra. O Sexteto Secreto reaparece e consegue questionar o Espantalho, sobre o que a Sociedade planejava fazer a seguir; o vilão retruca que a Sociedade iria usar os vilões que escaparam para lançar um ataque maciço em Metropolis, como o primeiro passo para dominar o mundo. O Sexteto então avisa o Arqueiro Verde, que repassa o alerta a Oráculo, que por sua vez reúne os heróis da Terra em Metropolis para parar exército da Sociedade.

Battle of Metropolis 00

A Batalha de Metropolis

A batalha que se seguiu foi brutal, com ambos os lados sofrendo casualidades maciças. O Mestre Judoca teve suas costas quebradas por Bane; Os Gêmeos do Gatilho e os Madmen foram baleados por Cão Raivoso, Vingador Escarlate e Vigilante; Amazo foi decapitado por Adão Negro; Solomon Grundy e o Bloodpack foram mortos pelo Superboy Primordial. A luta se voltou a favor dos heróis quando vários deles que estavam desaparecidos, incluindo Superman, Mulher Maravilha, Batman, Lanterna Verde (Hal Jordan), Moça Maravilha (Cassie Sandmark) e Asa Noturna, chegaram à cena. Os dois Supermen, juntos, rapidamente derrotaram Apocalypse. Alex Luthor atacou os heróis, mas seus poderes começaram a desaparecer, momento em que ele alveja Asa Noturna com uma rajada energética. Batman tentou matá-lo, mas foi impedido pela Mulher Maravilha. Então, um colapso de alguns detritos separa Alex Luthor dos heróis. A batalha, em seguida, chegou ao fim com o triunfo dos heróis, e a Sociedade enfrentando pesadas perdas. Superboy Primordial, sabendo que não poderia trazer de volta a Terra Primordial, voa para fora da batalha na velocidade da luz, planejando ir para Oa e absorver a Bateria Central dos Lanternas Verdes para criar um Big Bang de acordo com suas preferências. O Caçador de Marte alerta os outros heróis dos planos do vilão, através de telepatia, e diz àqueles que podem voar para ir atrás dele. Kal-L agarra Prime e tenta convencê-lo a desistir, mas este não lhe dá ouvidos e, num piscar de olhos, está anos-luz à frente deles. Hal Jordan, em seguida, alerta Guy Gardner sobre a ameaça vindoura, e este mobiliza a Tropa dos Lanternas Verdes, que consegue criar uma muralha de 300 milhas de pura vontade, o que o atrasa tempo suficiente para os dois Supermen alcança-lo e agarra-lo. Eles o levam através dos restos de Krypton, e depois através do sol vermelho Rao, que destrói sua armadura, e todos eles se chocam sobre o planeta Lanterna Verde, Mogo, onde Superboy Primordial esmurra Kal-L até a morte e quase faz o mesmo com Kal-El, dizendo que quando Kal-El tiver desaparecido, então ele será o Superman. Ao ouvir isso, Kal-El rasga o símbolo de "S" do peito do Superboy Primordial, dizendo que ele nunca será Superman porque não tem idéia do que isso significa, que não é sobre o poder ou o símbolo, mas sobre o que ele faz a respeito disso. Depois que Kal-El derrota o Superboy Primordial, a Tropa dos Lanternas Verdes aparece para destruir a Kryptonita que caiu sobre Mogo e para encerrar o vilão Superboy-Prime em uma jaula de exploração, até que ele é levado para Oa como prisioneiro. Poderosa lamenta a morte do seu primo da Terra-2, temendo ficar sozinha de novo, mas Kal-L garante que ele sempre estará com ela, mesmo que ela não possa mais vê-lo, pois ele agora vê o mesmo que sua esposa tinha visto ao morrer.

Nova terra

Após a reunificação do Multiverso, surge a Nova Terra.

Como o retorno à Terra, os heróis choram pelos seus mortos. Superman, Batman e Mulher Maravilha se encontram, e concluem que necessitam de tempo para se recuperarem, não só fisicamente mas também espiritualmente, como heróis. Diana voa em seu jato invisível para descobrir quem ela realmente é, e Bruce Wayne sai em uma viagem com Dick Grayson e Tim Drake para reconstruir Batman, enquanto Clark se junta com sua esposa Lois, percebendo que mesmo que ele vá precisar de tempo para recarregar sua poderes, a Terra estará em muito boas mãos com heróis suficientes para cuidar das coisas.

Edit

Pouco tempo depois, Alexander Luthor foi eletrocutado pelo Coringa, como vingança por ter deixado que este ingressasse na Sociedade, e a seguir, recebe um tiro na cabeça de Lex Luthor. Em Oa, Hal Jordan e Guy Gardner estão indo para um memorial para os Lanternas Verdes mortos recentemente, e observam a prisão especial usada para abrigar o renegado kryptoniano. Muito perigoso para ser mantido nas Ciencelas, os Guardiões do Universo colocaram a cela contendo Superboy Primordial dentro de um jovem Devorador de Sóis vermelho, dado a eles por Donna Troy, a ser vigiado por cinqüenta Lanternas Verdes em todos os momentos. Em sua cela, o kryptoniano grava um sangrento escudo "S" em seu peito nu, dizendo que esteve em lugares piores do que este e fugiu...

ConsequênciasEdit

Death of Phantom Lady 01

Exterminador assassina Lady Fantasma

Eventos que se seguiram a Crise InfinitaEdit

  • 52: História em quadrinhos semanal, apresentando os eventos ocorridos durante o "ano perdido", entre Crise Infinita #7 e os eventos mostrados em Um Ano Depois.
  • Consequências da Crise: A Batalha por Blüdhaven.
  • Consequências da Crise: O Espectro
  • Consequências da Crise: Admirável Mundo Novo
  • Um Ano Depois: Após a publicação de Crise Infinita #5, as histórias, na maioria das revistas do Universo DC, saltaram para a frente um ano, ocorrendo após os eventos narrados em 52.
  • Contagem Regressiva para a Crise Final: Série semanal que conduz até outra crise, a Crise Final.

Séries canceladas durante o crossoverEdit

Um número de série foram cancelados com o salto de tempo ocorrido em "Um Ano Depois". Algumas terminaram pura e simplesmente, como Batgirl, Gotham Central e Batman: Gotham Knights, enquanto outras foram suspensas e reiniciadas mais tarde com novos volumes (nominalmente, LJA, SJA, Flash e Mulher Maravilha). Além disso, "Adventures of Superman" retornou ao seu título original de "Superman", enquanto o volume que já havia saído como "Superman" desde 1987 foi cancelado, deixando assim o personagem com dois títulos mensais (Superman e Action Comics), coincidindo com Batman (cuja linha possuía os títulos Batman e Detective Comics - além da revista compartilhada Superman & Batman).

Relação com outras "Crises"Edit

Infinite Crisis Vol 1 4 Kal-El (Earth-Prime) Speed Force

Bart Allen e Barry Allen aprisionam o Superboy Primordial na Força da Aceleração

Foi a segunda "Crise" numa trilogia que mostra diferentes fases do desenvolvimento do Multiverso DC:

  • Crise nas Infinitas Terras: "A morte do multiverso"
  • Crise Infinita: "a reconstrução do multiverso"
  • Crise Final: "a saga final do multiverso"

É também a segunda de uma trilogia que inclui "uma exploração dos nossos heróis":

  • Crise de Identidade: "ameaça pessoal"
  • Crise Infinita: "colocar as maiores chances contra os heróis"
  • Final Crisis: "o dia que o mal venceu"

Mudanças na continuidade ocorridas durante Crise InfinitaEdit

No curso da história, vários eventos no passado do Universo DC foram retroativamente alterados (sofreram retcons), seja pelo Superboy Primordial ou a separação e re-fusão das Terras alternativas.

Mudanças causadas pelo Superboy PrimordialEdit

As tentativas do Superboy Primordial de abrir o seu caminho, à base de socos, para fora do espaço extradimensional em que ele estava preso desde o final da Crise nas Infinitas Terras, junto com Kal-L, Lois Lane (ambos da Terra-2), e Alexander Luthor, Jr. (da Terra-3), desencadeou "ondulações" no tecido da realidade, fazendo com que os eventos no presente se tornassem desfeitos, sendo substituídos por versões diferentes dos mesmos eventos. Essas mudanças foram diferentes para cada pessoa envolvida. As alterações incluem:

Destruction of Bludhaven

A Destruição de Blüdhaven

  • Jason Todd de volta à vida, mesmo que todos se lembrem de sua morte.
  • Garota Elástica e Homem-Negativo da Patrulha do Destino de volta à vida, o Chefe restaurado ao seu corpo original e a história da equipe reiniciada. A equipe finalmente se lembrou de sua história original.
  • As diversas origens do Superman.
  • As várias encarnações do Gavião Negro.
  • As várias encarnações da Legião dos Super-Heróis desde Crise nas Infinitas Terras.
  • As diversas origens Donna Troy.
  • As múltiplas origens dos Homens Metálicos.
  • Hal Jordan nunca foi um ex-presidiário que ficou 90 dias de prisão por dirigir embriagado.

Mudanças causadas pelo colapso do MultiversoEdit

Death of Star Sapphire 01

O Espectro pune Safira Estrela, matando-a.

As Infinitas Terras, que entraram em colapso e se fundiram em um único mundo durante a Crise original, divergiram novamente em Terras múltiplas durante Crise Infinita, apenas para, ao final, se unirem em uma "Nova Terra" única, com uma história um pouco alterada. Exemplos da história revisitada incluem:

  • Joe Chill ter sido preso pelo assassinato de Thomas Wayne e Martha Wayne, os pais do Batman.
  • Rumores de Superman estar ativo, antes que ele aparecesse pela primeira vez em Metrópolis.
  • Mulher Maravilha voltou a ser uma membra fundadora da Liga da Justiça.
  • As memórias dos membros da Sociedade da Justiça a respeito do Superman da Era de Ouro são revividas.
  • As várias versões do General Zod são substituídas por uma única versão.

Retcons EditoriaisEdit

Alguns retcons introduzidos durante Crise Infinita foram o resultado de editores e escritores que decidiram rever certos elementos da história, a fim de encaixar uma história particular ou cenário.

  • Maxwell Lord foi sempre um vilão conspirando contra metahumanos.

Alterações posteriores de continuidade atribuídas a Crise InfinitaEdit

Green Lanterns Infinite Crisis 01

A Tropa dos Lanternas Verdes tenta deter o Superboy Primordial

Algumas mudanças na continuidade foram atribuídas a Crise Infinita, depois que esta terminou, sem especificar se foram causadas pelo Superboy Primordial ou pelo Colapso do Multiverso.

  • Ressurreição da Garota Elástica atribuída à experimentação de Niles Caulder.
  • A clarificação da fraqueza do Caçador de Marte contra fogo.
  • A participação de Superman na Legião dos Super-Heróis como um adolescente, antes do início de sua carreira pública de super-herói.
  • A continuidade da Legião dos Super-Heróis, antes de Crise nas Infinitas Terras, é substancialmente restaurada. No entanto, as versões "Reboot" e "Threeboot" da Legião permanecem.
  • A história da Rainha Hipólita Pós-Crise como a Mulher Maravilha da Era de Ouro, nos anos 1940, não é mais válida.
  • TNT e Dyna-Mite são incluídos retroativamente nos Sete Soldados da Vitória.
  • Falecidos antes de Crise Infinita, esses personagens reapareceram como se nunca tivessem morrido:
    • Francine Langstrom - A esposa do Morcego Humano
    • Lynx - Inimiga de [[Robin (Tim Drake) (obs: não confundi-la com Lince, inimiga dos Novos Titãs)
    • Magpie
    • Reactron
    • Ventríloquo e Scarface

Mudanças em personagens ocorridas durante Crise InfinitaEdit

Superboy Prime

Superboy Primordial com a armadura feita a partir de restos do traje do Antimonitor

No decurso de Crise Infinita, inúmeros personagens morreram, desapareceram, retornaram da morte ou de longas ausências, adotaram novas identidades de super-heróis, ou sofreram outras alterações significativas.

MortesEdit

Caminho para Crise InfinitaEdit

Estes personagens morreram durante os eventos que precederam Crise Infinita, começando em Contagem Regressiva para Crise Infinita:

  • Bisão Negro (John Ravenhair) (Dia de Vingança # 1)
  • Besouro Azul (Ted Kord) (Contagem Regressiva para Crise Infinita)
  • Bug (Vilões Unidos # 1)
  • Cheetah (Priscilla Rich) (Flash # 219)
  • Darkstars Ferrin Colos, Bron Chaser, e Munchuk (Adam Strange # 8)
  • Fastball (O Projeto OMAC # 6)
  • Violinista (Villains United # 1)
  • Mariposa Assassina (O Projeto OMAC # 6)
  • Mulher Gavião (Shayera Thal) (Rann-Thanagar War # 5)
  • Hiena (Vilões Unidos # 3; qual das Hienas morreu é desconhecido)
  • Hyperion (DC Especial: O Retorno de Donna Troy # 4)
  • Maxwell Lord (Wonder Woman # 219)
  • Monóculo (Manhunter # 9)
  • Onimar Synn (Rann-Thanagar War # 6)
  • Overthrow (Projeto OMAC # 3)
  • Parademônio (Villains United # 6)
  • Pária (Vilões Unidos # 6)
  • Soviete Supremo (Dimitri Pushkin) (Projeto OMAC # 5)
  • Shazam (Dia de Vingança # 6)
  • Sparta de Synriannaq (DC Especial: O Retorno de Donna Troy # 1)
  • Thia (DC Especial: O Retorno de Donna Troy # 4)

Crise InfinitaEdit

Bane 0032

Bane mata o Mestre Judoca durante a Batalha de Metrópolis.

Além de milhões de mortes em todo o mundo (população em geral, por exemplo Blüdhaven), esses personagens morreram durante a publicação de Crise Infinita e histórias conectadas:

  • Alexander Luthor Jr. (Crise Infinita # 7)
  • Balístico (Crise Infinita # 7)
  • Barão Blitzkrieg (Crise Infinita # 7)
  • Condor Negro (Ryan Kendall) (Crise Infinita # 1)
  • Bushido (Crise Infinita # 7, Teen Titans # 33)
  • Carissa, guerreira amazona (Crise Infinita # 2, Wonder Woman # 223)
  • Charaxes (Crise Infinita # 7)
  • Crispus Allen (Gotham Central # 38; ver Retornos, abaixo.)
  • Senhor Destino (Hector Hall) (JSA # 79)
  • Nabu (Crise Infinita Especial: Dia de Vingança # 1)
  • Doutor Polaris (Crise Infinita # 1)
  • Fel Andar (Hawkman # 48)
  • Pescador (Gotham Central # 37)
  • Fúria II (Lyta Trevor-Hall) (JSA # 80)
  • Geist (Crise Infinita # 7)
  • Trinta e dois membros da Tropa dos Lanternas Verdes (Crise Infinita # 7)
  • Os Carrascos (morte revelada em Manhunter # 21)
  • Bomba Humana (Crise Infinita # 7)
  • Jack (Deuce Canyard) (Vilões Unidos Crise Infinita Especial # 1)
  • Jade (Crise Infinita Especial: Guerra Rann-Thanagar # 1)
  • Kal-L, o Superman da Terra-Dois (Crise Infinita # 7)
  • Koryak, filho de Aquaman (Aquaman # 38)
  • Lois Lane Kent da Terra-Dois (Crise Infinita # 5)
  • Mick Wong, o melhor amigo de Jason Rusch (Crise Infinita # 4)
  • Mongrel (Crise Infinita # 7)
  • Neptune Perkins (Crise Infinita # 3)
  • Nightblade (Crise Infinita # 7)
  • Pantha (Crise Infinita # 7, Teen Titans # 33)
  • Pacificador (Mitchell Preto) (Crise Infinita # 7)
  • Lady Fantasma (Dee Tyler) (Crise Infinita # 1)
  • Pirata Psíquico II (Roger Hayden) (Crise Infinita # 6)
  • Boneco de Pano I (Peter Merkel, Sr.) (JSA Classified # 7)
  • Caça-Ratos (Crise Infinita # 1)
  • Razorsharp (Crise Infinita # 7)
  • Safira Estrela (Deborah Darnell) (Crise Infinita # 6)
  • Superboy (Conner Kent) (Crise Infinita # 6)
  • Steve Trevor da Terra-Dois (morte revelada em Crise Infinita # 5)
  • Tekla, guerreira amazona (Wonder Woman # 223)
  • Vulko de Atlantis (Aquaman # 38)
  • Bebê Gnu (Crise Infinita # 4, Teen Titans # 33)

Mortes não confirmadasEdit

Death of Alex Luthor

Coringa e Lex Luthor assassinam Alexander Luthor Jr.

Esses personagens morreram durante Crise Infinita ou o prólogo da saga, mas suas possíveis mortes ou sobrevivências permaneceram não confirmadas ou discutíveis ao final da série.

  • Amos Fortune (Crise Infinita Especial: Vilões Unidos # 1)
  • Brecha (Crise Infinita # 7)
  • Byte (Vilões Unidos # 1)
  • Chain Lightning (Outsiders # 33)
  • Canela II (nome civil desconhecido) (Crise Infinita Especial: Vilões Unidos # 1)
  • Equipe de Demolição (Projeto OMAC # 6)
  • Erradicador (David Connor) (Superman v2 # 220)
  • Mestre Judoca (Rip Jagger) (Crise Infinita # 7)
  • Kite Man (Crise Infinita # 2, rumores)
  • Encantadora (Crise Infinita # 7)
  • Looker (Crise Infinita # 7)
  • Madmen (Crise Infinita # 7)
  • Sr. Mxyzptlk (Adventures of Superman # 647)
  • Gangue de Espadas (Joe Carny e associados) (Crise Infinita # 2)
  • Stallion (Crise Infinita # 4)
  • Supermen da América (Projeto OMAC # 6)
  • Tecnocrata (Crise Infinita # 7)
  • Gêmeos do Gatilho (Tom e Tad Gatilho) (Crise Infinita # 7)
  • T'Charr e Terataya (Crise Infinita Especial: Dia de Vingança # 1)
  • Mulher Maravilha da Terra-Dois (Crise Infinita # 5; parece desvanecer-se da existência)

No caso da Equipe de Demolição e dos Supermen da América, não está claro como muitos de seus membros foram mortos por OMACs.

DesaparecidosEdit

Superman-x-superman

Kal-L ataca Kal-El

Esses personagens desapareceram durante a Crise Infinita ou histórias que a antecederam. Os personagens mencionados abaixo foram dados como desaparecidos durante a Crise Infinita # 4 e # 6 foram confirmados como desaparecidos em Crise Infinita # 7.

  • Adam Strange (Crise Infinita # 6)
  • Air Wave (Harold Jordan) (Crise Infinita # 4)
  • Homem Animal (Crise Infinita # 6)
  • Besouro Azul (Jaime Reyes) (Crise Infinita # 6)
  • Abelha (Crise Infinita # 6)
  • Capitão Cometa (Crise Infinita # 6)
  • Cerdian, filho de Garth e Delfim (Crise Infinita # 3, confirmado em Aquaman # 38)
  • Cyborg (Victor Stone) (Crise Infinita # 6)
  • Delfim (Crise Infinita # 3, confirmado em Aquaman # 38)
  • Nuclear (Jason Rusch e Martin Stein) (Crise Infinita # 6)
  • Flash (Wally West) (Crise Infinita # 4)
  • Lanterna Verde (Alan Scott) (Crise Infinita # 6)
  • Mulher-Gavião (Kendra Saunders) (Crise Infinita # 6)
  • Arauto (Crise Infinita # 6)
  • L.E.G.I.Ã.O. (Crise Infinita # 6)
  • Lagoon Boy (Crise Infinita # 3, confirmado em Aquaman # 38)
  • Linda Park-West (Crise Infinita # 4)
  • Lori Lemaris (Crise Infinita # 3, confirmado em Aquaman # 38)
  • Omega Men (Crise Infinita # 6)
  • Tornado Vermelho (Ulthoon) (Crise Infinita # 6)
  • Morfo (Crise Infinita # 6)
  • Estelar (Koriand'r) (Crise Infinita # 6)
  • Supergirl (Kara Zor-El) (Crise Infinita # 6)
  • Tempest (Garth) (Crise Infinita # 3, confirmado em Aquaman # 38)
  • Tio Sam dos Combatentes da Liberdade (Crise Infinita # 1, confirmado em Crise Infinita # 2)
  • Gêmeos West, filhos de Wally West e Linda Park-West (Crise Infinita # 4)

RetornosEdit

Superman x superboyprime

O clímax do combate final entre Superman e o Superboy Primordial

Esses personagens voltaram da morte ou de uma ausência prolongada em algum momento após a publicação de Contagem Regressiva para Crise Infinita.

  • Ametista, a princesa do Mundo de Cristal (Crise Infinita # 7 - foi vista lutando contra o Espectro no Mundo de Cristal, e mais tarde ajudou na reconstrução da Pedra da Eternidade e na convocação do Espectro em Crise Infinita # 6)
  • Alexander Luthor, Jr. (Crise Infinita # 1, mas disfarçado como o Lex Luthor da Sociedade desde Contagem Regressiva para a Crise Infinita. Veja Mortes, acima.)
  • Capitão Átomo (Crise Infinita # 7)
  • Crispus Allen (Crise Infinita # 4, como novo hospedeiro para o Espectro, tecnicamente ainda morto).
  • Kal-L, o Superman da Terra-2 (Crise Infinita # 1. Ver Mortes, acima)
  • Kid Eternidade (Teen Titans # 31)
  • Lady Quark (Vilões Unidos # 5)
  • Legião dos Super-Heróis - equipe da era "Reboot" (Crise Infinita # 6, revelam-se como habitantes da Terra-247)
  • Lois Lane da Terra-2 (Crise Infinita # 1. Ver Mortes, acima)
  • Brigada dos Sovietes Supremos (Crise Infinita Especial: Vilões Unidos # 1)
  • Superboy Primordial (Crise Infinita # 1, mas estava ativo por algum tempo; foi

vislumbrado em JLA # 119. Veja Novo ou Alterado, abaixo)

  • Jason Todd (Batman # 617, Batman # 638)
  • Donna Troy (DC Especial: O Retorno de Donna Troy # 1)
  • Mulher Maravilha da Terra-2 (Crise Infinita # 5. Ver Mortes, acima)

Além disso, vários personagens de continuidades alternativos apareceram em um único painel, como figurantes, quando suas respectivas Terras alternativas surgiram em Crise Infinita # 6. Apesar de alguns terem surgido nos últimos anos (por exemplo, os heróis da Fawcett City, Tangent Comics, quadrinhos de faroeste da DC Comics, e a Terra-247 da Legião dos Super-Heróis) e alguns personagens que apareciam em outras mídias, mas nunca tinham aparecido previamente no formato de quadrinhos (por exemplo, os heróis do programa de televisão da Mulher Maravilha da década de 1970 ), vários outros fizeram sua primeira aparição desde antes de Crise nas Infinitas Terras. Eles incluem:

  • Batman, Jr.
  • Bizarro Hawkman
  • Bizarro Jimmy Olsen
  • Bizarro Krypto
  • Bizarro Lois Lane
  • Bizarro Perry White
  • Superman, Jr.

Personagens novos ou alteradosEdit

Superboyprison

Superboy Primordial grava o "S" no próprio peito durante o período em que esteve aprisionado em Oa

Os seguintes caracteres foram alterados ou introduzidos durante a Crise Infinita e histórias relacionadas.

  • Amazonas de Themyscira - abandonaram este plano de existência (Crise Infinita # 3)
  • Artemis de Bana-Mighdall - abandonou este plano de existência (Crise Infinita # 3)
  • Bart Allen - envelhecido para a idade adulta; em seguida, aparentemente ficou sem poderes (Crise Infinita # 5 e # 7)
  • Capitão Marvel (Billy Batson) - tornou-se o novo protetor da Pedra da Eternidade (Crise Infinita Especial: Dia de Vingança # 1)
  • Crispus Allen - tornou-se o novo hospedeiro do Espectro (Infinite Crisis # 4)
  • Elmo de Nabu - arremessado para o céu, para encontrar um novo mestre (Crise Infinita Especial: Dia de Vingança # 1)
  • Detonador - gravemente ferido por Zoom (Crise Infinita # 1, confirmado em Crise Infinita # 2)
  • Nuclear - redefinido por Jason Rusch e Professor Martin Stein (Firestorm # 22)
  • Fúria (Helena Kosmatos) - abandonou este plano de existência (Crise Infinita # 3)
  • Divindades gregas - abandonaram este plano de existência (Crise Infinita # 3, Teen Titans # 33)
  • Flash (Jay Garrick) - teve a sua velocidade máxima reduzida (Crise Infinita # 7)
  • Jaime Reyes como o novo Besouro Azul (introduzido em Crise Infinita # 3, estreou no uniforme em Crise Infinita # 5)
  • Jason Todd como o novo Capuz Vermelho (Batman # 617, Batman # 638)
  • Kyle Rayner como Ion (Crise Infinita Especial: Guerra Rann-Thanagar # 1)
  • Origens conflitantes de Poderosa foram resolvidas, sendo reconfirmada como Kara Zor-L da Terra 2 (JSA Classified # 4)
  • Risco - teve seu braço amputado (Crise Infinita # 4)
  • Superboy Primordial - ficou sem poderes, aprisionado pela Tropa dos Lanternas Verdes (Crise Infinita # 7)
  • Superman (Kal-El) - ficou sem poderes (Crise Infinita # 7)
  • Moça Maravilha (Sandsmark Cassandra) - ganhou novos poderes, como campeã de Ares (Teen Titans # 33)

Os seguintes heróis declararam, ao final de Crise Infinita # 7, que iriam tirar uma folga de suas identidades de super-heróis:

  • Batman (Bruce Wayne)
  • Asa Noturna (Dick Grayson)
  • Robin (Tim Drake)
  • Superman (Kal-El)
  • Mulher-Maravilha (Diana)

TriviaEdit

Battle73

A luta entre Superboy e Superboy Primordial

  • Kyle Rayner tornou-se Ion pela segunda vez.
  • A Força da Aceleração foi destruída.
  • O Espectro ganhou um novo hospedeiro, Crispus Allen.
  • Bart Allen assumiu, brevemente, a identidade de Flash.
  • De acordo com Adão Negro (em 52 # 3), um total de 5.079.432 pessoas morreram durante a Crise Infinita.
  • O conceito de OMAC da era Pré-Crise foi trazido de volta de forma revitalizada.
  • Capitão Átomo retorna do Universo Wildstorm.
  • Em Crise Infinita # 6, Alexander Luthor Jr. se refere ao universo do leitor como a Terra Primordial e rompe a Quarta Parede.
  • O satélite Irmão Olho não é destruído em Crise Infinita # 6; ele sobrevive até Sasha Bordeaux destrui-lo em Projeto OMAC Especial.
  • Um Ser Superior é mencionado, ao qual o Espectro deve submeter-se, ao ser forçado a unir-se a Crispus Allen. Este ser, possivelmente, seria Deus (ou, no Universo DC, o seu correspondente mais próximo, A Presença).
  • Em setembro de 2006, a DC Direct lançou a Série 1 das action figures de Crise Infinita.
  • O arranjo do painel da primeira página de Crise Infinita # 1 é idêntica à da primeira página de Crise nas Infinitas Terras # 1, da qual a primeira é uma espécie de sequência.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.