FANDOM


Humanbomb

O Bomba Humana é um especialista em Demolition.


AtributosEdit

Destreza: 6 Força: 4 Corpo: 8

Int: 8 Vontade: 7 Mente: 7

Infl: 5 Aura: 5 Espirito: 7

Iniciativa: 21 Hero Points: 40

Poderes:

Bomb 9

limitações: Bomb é Sempre Ligado; deve explodir automaticamente qualquer material tocado por Bomba Humana. Restrição de Poder: ineficaz a Fibro-wax.

Perícias:Edit

Gadgetry 7, Martial Artist 5, Military Science (demolition) 12, Scientist 7


vantagens:Edit

Connections: Combatentes da Liberdade (alta), All-Star Squadron (alta, período da Segunda Guerra Mundial somente), Scholar (química), Sidekick (Hustace Throckmorton)

Humanbombskin

A pele do Bomba Humana era resistente a armas de baixo calibre.

desvantagensEdit

Secret Identity

Mistrust (Pré-Crise somente: quando na Terra X ou Terra 1, o Bomba e outros Combatentes são procurados pelas autoridades)


Nome real: Roy Lincoln

Motivação: Upholding the Good

Ocupação: químico

Riqueza 6

Primeira aparição: Police Comics #1 (Agosto de 1941)

EquipamentoEdit

  • TRAJE DE FIBRO-WAX {CORPO 8} Fibro-wax é o único material imune ao poder de explosão do Bomba Humana. Ele tira uma das luvas para usar o poder.


HistóricoEdit

Roy Lincoln era originalmente um cientista trabalhando com seu pai em um quimico explosivo especial chamado "27-QRX." Entretanto, quando Espiões Nazistas invadem seu laboratório e matam seu pai, ele resolve ingerir o quimico para prevenir que ele caia nas mãos deles. Como resultado, Lincoln ganhou a habilidade de causar explosões com qualquer objeto que ele toca, particularmente por suas mãos. a unica forma de controlar isso era usar luvas especiais com asbestos (O que foi subsequentemente reconectado em "fibro-cera" depois que os males dos asbestos na saúde humana foram descobertos). Usando um traje de contenção para prevenir qualquer explosão acidental, Lincoln se torna o "Bomba Humana", removendo suas luvas apenas para expor seus poderes explosivos contra Nazis e Japoneses, assim como criminosos comuns. Ele mais tarde ganhou controle o suficiente de seus poderes para poder retirar o traje de contenção, apesar de suas luvas continuarem sendo necessárias.

As histórias de Bomba Humana continuaram em "Police Comics" a partir da edição 58, publicada em setembro de 1946. Durante essa fase, ele ganhou um parceiro cômico chamado "Hustace Throckmorton", que adquiriu poderes como os do Bomba Humana (Apesar de o dele ser centrado nos pés) após receber uma transfusão de sangue do herói em uma emergencia. Throckmorton foi então brevemente trocado por tres jovens que eram coletivamente chamados "Os Bombardeiros".


DC ComicsEdit

Depois da Quality Comics falir em 1956, A DC comics adquiriu os direitos do Bomba Humana bem como de outras propriedades da Quality Comics. O Bomba Humana continuou sem publicação até que ele e vários outros antigos heróis da Quality foram re-lançados em Liga da Justiça da América #107 (Outubro, 1973) como os Combatentes da Liberdade. Como era feito com muitos outros personagens da DC que foram adquiridos de outras editoras ou que eram personagens de títulos da Era de Ouro, os Freedom Fighters estavam localizados num Mundo Paralelo, neste caso chamado Terra X, no qual a Alemanha Nazista ganhou a Segunda Guerra Mundial. O time teve sua própria série por quinze edições (1976-1978), no qual eles temporariamente deixaram a Terra X pela Terra 1 (aonde a maioria dos títulos da DC se passava). O Bomba Humana foi então convidado especial do All-Star Squadron, um grupo de super heróis que ficava na Terra 2, o local aonde os heróis da DC durante a era da guerra estavam, e tinha mais prioridade que os outros Freedom Fighters que supostamente foram embora para a Terra-X.

O personagem então apareceu com o resto dos super heróis da DC em Crise nas Infinitas Terras, uma história que tinha como intenção eliminar histórias confusas que a DC havia criado para seus personagens por emergir retroativamente em vários mundos paralelos em um. Isto apagou o antigo Bomba Humana dos dias de Terra X, e mesclou os personagens do All-star Squadron e Freedom Fighters para que os Freedom Fighters tenham sido apenas um subgrupo do Esquadrão. O Bomba Humana subsequentemente aparece em várias edições da Sociedade da Justiça da América em 2003. Sua morte foi decretada em Crise Infinita #1 (Out, 2005) nas mãos de Bizarro, quando os Freedom Fighters lutaram com a Sociedade Secreta dos Super Vilões. Após o Bomba Humana matar o Doutor Polaris em um ataque de raiva, Bizarro atacou o bomba, socando sua face para produzir explosões mais coloridas. O corpo de Lincoln foi ativado pelo espancamento brutal que ele recebeu, mas sua natureza explosiva não feriu Bizarro. As explosões pararam enquanto Bizarro continuava a bater, indicando que o poder acabou no instante da morte.

Seu corpo foi sepultado no Washington Monument, perto de seus camaradas falecidos, Lady Fantasma e Condor Negro. Ambos morreram em combate com a Sociedade.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.